Grupo Sousa melhora cobertura de Cabo Verde

A transportadora portuguesa Portusline Containers International aumenta a cobertura das ilhas de Cabo Verde com o lançamento, esta semana, de um serviço quinzenal, da marca ‘Alver Line’, ligando Algeciras e Tânger ao Porto Praia e Mindelo.

Peter Nicholls/Reuters

A transportadora portuguesa Portusline Containers International (PCI) aumenta a cobertura das ilhas de Cabo Verde com o lançamento, esta semana, de um serviço quinzenal, da marca ‘Alver Line’, ligando Algeciras e Tânger ao Porto Praia e Mindelo. A informação foi divulgada pelo Alphaliner, corretor de navios e outros profissionais de transporte marítimo.

O novo serviço será adicionado à ‘Linha Guiver’, que conecta quinzenalmente Portugal e Algeciras com as ilhas de Cabo Verde e a Guiné-Bissau, lê-se na nota do Alphaliner.

A Maersk Line e a empresa irmã Safmarine começam simultaneamente a fretar slots nos dois serviços em substituição do seu próprio serviço de retransmissão quinzenal de Cabo Verde e Bissau, que é então fechado, as conexões com a rede da Maersk Line continuarão a ser asseguradas em Algeciras, aponta a mesma fonte.

A PCI também continuará a ligar diretamente as Ilhas de Cabo Verde do Sal e Boavista com Las Palmas (Ilhas Canárias) com o seu serviço ‘Morabeza’  com  a “Linha Guiver” que liga  Algeciras, Leixões, Lisboa, Las Palmas, Porto Praia, Mindelo, Bissau, Algeciras, quinzenalmente, refere Alphaliner.

Com sede em Lisboa, a Portusline é detida desde 2015 pelo Grupo Sousa, sediado na Madeira, um grupo multifacetado envolvidos nas atividades de transporte, logística, operações portuárias, energia e turismo. Ao lado da Portusline, o Grupo Sousa possui duas outras empresas de transporte marítimo, Box Lines e Empresa de Navegação Madeirense (ENM), envolvidas na cobertura dos Açores e da Madeira, e uma companhia de ferry, a Linha Porto Santo, que liga a Madeira à ilha do Porto Santo.griupo sousa

Recomendadas

Comissão parlamentar cabo-verdiana visita imigrantes

A realização de encontros personalizados com imigrantes nos sítios onde trabalham marca o segundo dia da visita da Comissão Especializada Permanente da Assembleia Nacional à ilha do Fogo.

“Estou convencido de que Cabo Verde está preparado para uma Lei de Paridade”

Segundo o primeiro-ministro, a aprovação da proposta de lei no Parlamento, cuja meta é para a ‘luz verde’ é 2019, vai garantir o princípio de paridade nos órgãos colegiais eleitos para o sistema político cabo-verdiano.

Projeto de renováveis em Monte Trigo reforçado com 77 mil euros

Esta é a primeira aldeia de Cabo Verde abastecida a 100% com energia renovável.
Comentários