Guardiola vai treinar Cristiano Ronaldo? Italianos garantem que o negócio está fechado

A agência italiana AGI, indica que o acordo está fechado e falta só o anúncio por parte da Juventus. O técnico espanhol já terá rubricado um contrato válido para os próximos quatro anos, no valor de 24 milhões de euros por temporada.

Poderá ser a primeira grande ‘bomba’ do mercado de transferências de futebol e não é nenhum jogador. Pep Guardiola, treinador do Manchester City, é o escolhido para orientar a Juventus já na próxima temporada. De acordo com a “Agenzia Giornalistica Italia” (AGI) o acordo está fechado e falta apenas a confirmação oficial por parte do clube italiano.

Pep Guardiola irá rubricar um contrato válido para os próximos quatro anos, no valor de 24 milhões de euros por temporada, no próximo dia 4 de junho, com a agência noticiosa italiana a adiantar também que o técnico espanhol vai ser apresentado oficialmente a 14 de junho.

Segundo a “AGI”, as visitas ao estádio e museu da Juventus foram cancelados nesse dia de forma repentina, já que “irá ter lugar um evento importante”, sendo que a Juventus “recusou comentar rumores ligados ao técnico”. No entanto, e como a transferência ainda não é oficial importa relembrar que o próprio Guardiola já por diversas vezes que pretende continuar no Manchester City, com quem já conquistou a Premier League.

As casas de apostas em Itália já colocam o treinador dos citizens na liderança para orientar os portugueses Cristiano Ronaldo e João Cancelo, superando outros nomes como Maurício Sarri, técnico do Chelsea, Maurício Pocchetino, do Tottenham e Simone Inzaghi, atual treinador da Lázio.

Recomendadas

Relação agrava pena de subcomissário que agrediu adeptos do Benfica em Guimarães

O Tribunal da Relação de Guimarães agravou para três anos e meio a pena de prisão, suspensa na sua execução, de um subcomissário da PSP por agressão a dois adeptos do Benfica naquela cidade, em maio de 2015.

Relação agrava pena de subcomissário que agrediu adeptos do Benfica em Guimarães

O Tribunal da Relação de Guimarães agravou para três anos e meio a pena de prisão, suspensa na sua execução, de um subcomissário da PSP por agressão a dois adeptos do Benfica naquela cidade, em maio de 2015.

Brexit ao contrário: como a Premier League domina futebol europeu

Duas finais europeias, quatro equipas inglesas (três das quais londrinas): Champions e Liga Europa. Nunca se viu nada assim no ‘Velho Continente’. A Premier League tomou a Europa de ‘assalto’ e gera receitas ímpares. A maior ameaça ao modelo de negócio é interna.
Comentários