Guterres acredita que processo de paz na Colômbia é “exemplo para o mundo”

António Guterres afirma que as Nações Unidas estão a acompanhar o processo em curso no país e acredita que o maior desafio agora é a reintegrar os ex-combatentes guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias (FARC).

Reuters

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, defendeu este domingo que o processo de paz na Colômbia é um exemplo para o mundo. António Guterres afirma que as Nações Unidas estão a acompanhar o processo em curso no país e acredita que o maior desafio agora é a reintegrar os ex-combatentes guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias (FARC).

“Vemos que há cada vez mais novos conflitos, que os velhos conflitos não têm solução e, por isso mesmo, o que se passa na Colômbia é de uma importância simbólica fundamental no mundo”, afirmou António Guterres. “Penso que é o dever de todos os cidadãos no mundo de apoiar a fundo o processo de construção da paz na Colômbia”, defendeu.

António Guterres está na Colômbia numa missão de solidariedade para com o Governo colombiano. O conflito entre as FARC e o regime terminou em novembro de 2016 com a assinatura do acordo de paz.

Recomendadas

Presidente da Venezuela inaugura primeira fábrica de mineral Coltan

“Hoje inauguramos, no coração do Arco Mineiro do Orinoco, a primeira fábrica de concentração de Coltan, que gerará quase 7,8 milhões de euros diários de ingressos à nação”, disse.

Embaixada portuguesa em Díli obrigada a fechar novamente

Apesar de posturas agressivas, incluindo pancadas aos vidros da embaixada, o bloqueio da estrada – com alguns jovens a sentarem-se no chão – e da pressão sobre funcionários do edifício, a polícia voltou a demorar várias horas a aparecer.

Timor-Leste leva disputa com petrolífera Oilex à Câmara de Comércio Internacional

“É dececionante que tenha decidido procurar a arbitragem neste momento. O consórcio tinha vindo e continua a negociar de boa fé, tendo feito anteriormente ofertas generosas para resolver o assunto”, disse Joe Salomon, diretor executivo da Oilex.
Comentários