Helena Roseta diz que mercado de arrendamento urbano está ‘avariado’

A arquiteta e deputada socialista, escreveu no seu sítio na internet que “o mercado de arrendamento urbano entre nós está, por assim dizer, ‘avariado’, pelo que são necessárias medidas que o dinamizem e possam contribuir para aumentar a confiança”.

A opinião da deputada vem no seu sítio como conclusão do relatório da participação dos cidadãos no debate aberto no seu espaço na internet em Março sobre as alterações ao arrendamento urbano.

O relatório anuncia que foram recebidos ao todo 43 comentários, num total de 35 participantes distintos. Destes, 17 emitiram opinião desfavorável às alterações propostas, oito emitiram opinião favorável, três deram sugestões concretas sem emitir opinião, três colocaram dúvidas e quatro levantaram outras questões.

“O relatório de participação faz uma análise quantitativa e qualitativa dos comentários recebidos e as conclusões que retirei dessa análise, bem como as razões que me levaram a apoiar grande parte das alterações ao NRAU propostas, mesmo reconhecendo os argumentos de quem contra elas se pronunciou”, afirma Helena Roseta.

A arquiteta adianta ainda que para aumentar a confiança é necessário agilizar algumas medidas, entre quais a criação do seguro de renda, a revisão da fiscalidade, tornando-a mais amiga do arrendamento urbano, o melhor funcionamento da justiça e a disponibilização pública de informação transparente sobre o mercado de arrendamento. “Tudo isto, ainda, acompanhado de medidas na área social, implicando uma intervenção da Segurança Social que até à data não tem existido”, assegura.

Recomendadas

Um ministro das Finanças e um orçamento comum, as receitas de Blanchard para a Zona Euro

O antigo economista-chefe do FMI traçou o caminho para uma política monetária e orçamental mais coordenada para a zona euro. Além da criação de um posto de ministro das Finanças, Olivier Blanchard disse que é essencial agilizar as políticas sobre o défice e sugeriu um orçamento comunitário comum.

Governo estuda emissão de obrigações para empresas industriais

O Governo está a estudar lançar emissões de obrigações agrupadas para vários setores, nomeadamente o industrial, depois de anunciar hoje uma operação destinada a empresas de turismo, de acordo com o ministro Adjunto e da Economia.

“A economia está a arrefecer”, alerta banco central da Alemanha 

O Bundesbank, banco central alemão, considerou esta segunda-feira que a economia da Alemanha está a abrandar após um período de grande prosperidade, mas espera uma estabilização no segundo semestre do ano.
Comentários