‘Helene’ deve passar a ciclone extratropical nas próximas 48 horas

A previsão de trajetória aponta para que passe o arquipélago dos Açores entre os grupos ocidental e central.

O ‘Helene’ deve passar a ciclone extratropical nas próximas 48 horas, diz o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Na mais recente atualização enviada às redações, esta manhã, o IPMA explica que “o ciclone ‘Helene’ está a deslocar-se para norte a 37 quilómetros por hora, com uma previsão da trajetória a indicar que deverá atravessar o arquipélago entre os grupos Ocidental (Flores e Corvo) e Central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial)”.

Prevê-se que às 18:00 dos Açores (mais uma hora em Lisboa) se encontre a aproximadamente 28 quilómetros a leste da ilha das Flores.

“Espera-se que, nas próximas 48 horas e coincidindo com a passagem pelo arquipélago, ocorra a transição para ciclone extratropical”, refere o IPMA.

É muito provável (probabilidade entre 60% e 90%) que as ilhas dos grupos Ocidental e Central comecem a sofrer os efeitos desta tempestade (com aumento gradual da intensidade do vento e agitação marítima e ocorrência de precipitação pontualmente forte) a partir das 06:00 (hora dos Açores) de sábado.

O mau tempo deverá estender-se gradualmente às ilhas do grupo Central, prevendo-se que entre as 12:00 de sábado e as 09:00 de domingo ocorra precipitação intensa, o vento sopre do quadrante sul forte a muito forte, com rajadas até 120 quilómetros por hora, e as ondas atinjam os oito metros de altura significativa de sul, indica o IPMA.

Quanto às ilhas do grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria), prevê-se que ocorram precipitação temporariamente forte e rajadas que poderão atingir os 85 quilómetros por hora.

Na sequência destas previsões, a Capitania do Porto de Santa Cruz das Flores e a Capitania do Porto da Horta emitiram um alerta de agravamento do estado do tempo, especialmente da agitação marítima recomendando medidas de precaução à comunidade piscatória e à população.

Devido à chuva, o IPMA emitiu um aviso vermelho (o mais grave) para sábado para o grupo Ocidental, estando a região abrangida por outros avisos laranja e amarelos.

Ler mais
Recomendadas

Nova aplicação quantifica e qualifica lixos domésticos produzidos no país

Um investigador da Universidade de Coimbra desenvolveu uma aplicação que permite quantificar e qualificar, em segundos, os volumes de resíduos sólidos domésticos gerados por dia, mês e ano em cada um dos municípios de Portugal.

Projetos de regadio agrícola no valor de 278 milhões de euros foram aprovados

“Alguns dos quais estão já em fase de obra, como o que irei visitar em Óbidos/Bombarral, e outros aguardam estudo de impacto ambiental”, afirmou Luís Capoulas Santos à Lusa.

Proteção Civil alerta sobre agravamento das condições meteorológicas

Prevê-se um período crítico entre o meio-dia desta sexta-feira e as 06:00 de sábado.
Comentários