Hells Angels: 58 arguidos identificados, diligências continuam às 15:00

Os 58 arguidos do processo Hells Angels foram todos ouvidos esta noite pelo Tribunal de Instrução Criminal, em Lisboa, tendo o último grupo sido identificado às 06:30, disse fonte judicial.

Ler mais

As diligências, disse a fonte, serão retomadas às 15:00 de hoje, podendo as advogados que queiram consultar o processo no Tribunal durante a manhã.

Só a partir das 15:00, disse ainda a fonte judicial, os arguidos dirão se querem ou não prestar declarações.

Os 58 arguidos começaram a ser identificados a partir da meia noite, inicialmente em grupos de oito e depois, cerca das 05:30, foi ouvido o último grupo de 23.

A essa hora já tinham sido identificados também os estrangeiros detidos, dois alemães, um sueco, um inglês e um finlandês, este último a dispensar tradutor, por entender e falar português.

A juíza Maria Antónia Andrade apenas identificou os arguidos, não tendo perguntado se vão ou não prestar declarações.

A identificação tinha que estar concluída até às 07:00 de hoje e esteve inicialmente marcada para as 17:00 de quinta-feira, tendo mais tarde sido adiado para as 20:30, a hora a que apenas deu entrada no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa o processo, remetido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Mais tarde vários advogados disseram aos jornalistas que a identificação dos 58 arguidos tinha começado às 22:00, o que afinal não se verificou, segundo a fonte do tribunal. Os advogados só mais tarde, cerca das 23:30, foram notificados dos factos.

Esta primeira fase de identificação precede o interrogatório, que começa às 15:00.

Ao todo, foram presentes à juíza de instrução Maria Antónia Andrade 58 arguidos, sendo que o 59.º se encontra detido na Alemanha.

Na quarta-feira, a coordenadora da Unidade Nacional de Combate ao Terrorismo Manuela Santos referiu, em conferência de imprensa, que acredita que muitos elementos ficarão em prisão preventiva, dada a gravidade dos crimes pelos quais estão indiciados.

No entanto, vários advogados disseram ao longo da noite, aos jornalistas, que não há matéria para tal.

Quatro dos 59 elementos dos Hells Angels foram detidos em flagrante por posse de arma de fogo.

O grupo Hells Angels existe em Portugal desde 2002 e, desde então, tem sido monitorizado pela polícia.

Os atos violentos ocorridos em março no Prior Velho, Loures, que envolveram dois grupos rivais de motards, Hells Angels e Red&Gold, e que fez seis feridos, dos quais três graves, foi a primeira manifestação mais violenta da organização que levou a PJ a agir.

A operação policial de desmantelamento do grupo também teve em conta a realização, de 19 a 22 julho, do encontro de Motards de Faro, onde poderiam ocorrer novamente confrontos entre os dois grupos.

Segundo a PJ, 58 elementos foram detidos em Portugal e um na Alemanha, através de um mandado de detenção europeu.

Relacionadas

Respostas Rápidas: o que está em causa na investigação aos Hells Angels?

Conotados com a extrema-direita, com o trafico de armas e de drogas e com ações violentas muitas vezes sem uma explicação clara, os Hells Angels são um fenómeno que pode ter ligações ao desporto e à cinzenta área da segurança noturna.

Mega operação da PJ para desmantelar Hells Angels. Há cerca de 50 detidos

Mega operação policial de norte a sul do país contra o grupo internacional Hells Angels, já levou a cerca de 50 detenções. Estão em causa crimes de tentativa de homicídio, roubo e associação criminosa.

Hells Angels: PGR confirma operação para desmantelar associação criminosa

A Polícia Judiciária desencadeou nesta quarta-feira, 11 de julho, uma megaoperação contra o grupo de motards, com 55 mandados de detenção e 80 de buscas. A operação insere-se no âmbito de vários inquéritos em que se investigam as atividades ilícitas desenvolvidas em território nacional pelos Hells Angels.
Recomendadas

Dezenas em Serralves para exigir a demissão do Conselho de Administração

Cerca de três dezenas de manifestantes, que gritavam palavras de ordem como “Ana Tirana”, “queremos mais 20”, entraram por volta das 12:00 dentro das instalações da Fundação, onde se mantiveram em protesto contra o que consideram ser um ato de “censura”.

Governo da Madeira anuncia apoio para passes de estudantes

O presidente do Governo da Madeira anunciou hoje que vai ser incluída no Orçamento Regional de 2019 uma verba para apoiar os passes de estudantes nos transportes públicos urbanos e interurbanos, que abrangerá “todas as famílias” da região.

Taxistas abertos ao diálogo se a lei incluir definição de contingentes de carros

Os motoristas de táxi estão dispostos a pôr fim aos protestos que duram há três dias se a lei passar a contemplar a fixação, pelos municípios, do contingente de carros para aluguer de passageiros, disse um dirigente associativo.
Comentários