Hoje há “O Jogo Económico”. Pode um jogador impulsionar a economia de um país?

Hoje, a partir das 21h00, no site do Jornal Económico, vamos debater as implicações económicas e financeiras da chegada de Cristiano Ronaldo a Turim. Não perca mais uma edição de “O Jogo Económico”.

Hoje, às 21h00, vai poder ver mais uma edição do programa “O Jogo Económico”, o espaço de debate económico onde o desporto é ‘rei’.

Na edição de hoje, e como não podia deixar de ser, vamos analisar todas as implicações económicas e financeiras que implicam a transferência de Cristiano Ronaldo do Real Madrid para a Juventus, com a ajuda de um painel residente composto pelo advogado Luís Miguel Henrique e o jornalista João Marcelino, moderado por Andressa Pedry. Este programa conta com a participação especial de Pedro Veloso, CEO da Wisemix, que já se dedicou à análise do valor da marca CR7.

Com a Serie A (principal campeonato italiano) e o futebol transalpino numa crise de identidade, e longe do domínio que AC Milan e Inter de Milão impunham no futebol europeu, a Juventus descobriu a fórmula e aplicou, como disse o treinador Fabio Capello, “o golpe do século”.

Com a chegada de um dos melhores jogadores do mundo a Itália, que implicações pode ter o ingresso de Ronaldo na heptacampeã de Itália? E pode a família Agnelli, dona da Juventus e com participações na Fiat e na Ferrari, aproveitar o embalo de ter o melhor do mundo para chegar a mercados asiáticos, fãs por natureza do futebol do português?

A partir das 21h00, acompanhe o debate no site do Jornal Económico.

Recomendadas
Liga dos Campeões: FC Porto ainda não jogou e já ganhou mais 20 milhões do que na última época
A equipa portuguesa começa esta noite a sua prestação na prova milionária frente aos alemães do Schalke 04. No ano passado a chegada aos oitavos-de-final rendeu 23,7 milhões de euros. Este ano só pela entrada na fase de grupos os ‘dragões’ receberam 42,5 milhões.
Eleven Sports: “Acordos? É uma questão de quando irão acontecer e não se irão acontecer”
Com o início de mais uma temporada da Liga dos Campeões o vice-presidente não executivo da operadora televisiva Eleven Sports, mostra-se optimista em relação aos acordos a estabelecer com as restantes operadoras.
Sporting: “Não podemos desistir da ‘guerra’ jurídica”, garante Bruno de Carvalho
Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho consideram-se “juridicamente vinculados a impugnar todos os actos que decorram ou sejam tomados na sequência das ilegalidades cometidas”.
Comentários