Horizonte 2020: Portuguesa Vision Box recebe mais de 2 milhões de euros

A Comissão Europeia divulgou os últimos resultados do Instrumento PME do Programa de Investigação Horizonte 2020, que distribuiu 100 milhões de euros a mais 69 PME de 21 países, entre os quais Portugal.

Em Portugal, a empresa beneficiária é a Vision Box – Soluções de Visão por Computador, com sede em Carnaxide. O seu projeto (Smart-Trust) apresenta um vetor tecnológico para identificação móvel que aumenta drasticamente a fiabilidade e os níveis de confiança da verificação da identidade nas fronteiras europeias, aumentando deste modo a segurança dos Estados-Membros. Este é um exemplo do envolvimento das PME na investigação e no desenvolvimento no domínio da segurança.

Nesta fase do Instrumento PME, cada projeto pode receber até 2,5 milhões de euros (5 milhões para projetos no domínio da saúde) para financiar atividades de inovação como a demonstração, o ensaio, a fase-piloto, a fase de expansão e a miniaturização, para além de desenvolver um plano de negócios sólido.

Em pouco mais de dois anos, o Instrumento já financiou várias dezenas de PME portuguesas inovadoras com mais de 15 milhões de euros. E num futuro próximo, Carlos Moedas, Comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação, responsável por este instrumento financiado pelo Horizonte 2020, assegura que “estes resultados podem progredir”, deixando por isso um desafio para outras PME portuguesas “arriscarem e concorrerem a este Instrumento que oferece grandes oportunidades. Com o apoio do Horizonte 2020, a UE ajuda as PME inovadoras, fundamentais para a criação de novos postos de trabalho, mais investimentos e maior crescimento económico em Portugal”.

Desde o lançamento do programa a 1 de janeiro de 2014, foram selecionadas 710 PME para financiamento ao abrigo da Fase 2 do Instrumento PME, 9 das quais portuguesas. A próxima data-limite é 18 de outubro de 2017.

Recomendadas

É oficial: o café está em risco de extinção

Alterações climáticas que se têm sentido nos últimos anos estão a afetar a produção de café.

Inquilinos esperam promulgação de alterações à lei das rendas

A Associação dos Inquilinos Lisbonenses (AIL) disse hoje à Lusa que espera que as alterações à legislação das rendas sejam promulgadas pelo Presidente da República, defendendo que estas podem ser “globalmente positivas”, mas também comportam aspetos negativos.

Reforma da supervisão financeira anunciada há quase dois anos continua por fazer

A reforma da supervisão financeira faz parte do programa do Governo, de finais de 2015, e logo em 2016 o ministro das Finanças, Mário Centeno, falou da necessidade de lançar uma “reflexão profunda” sobre a supervisão, para que “funcione melhor”, tendo em conta que “a experiência recente do sistema financeiro [português] é dececionante”.
Comentários