Hotéis em Cabo Verde receberam mais de 170 mil hóspedes no terceiro trimestre

A ilha do Sal teve maior acolhimento, com 51,0% do total das entradas, seguida da ilha do Boa Vista, com 30,6%.

Os estabelecimentos hoteleiros em Cabo Verde receberam no 3º trimestre deste ano, um total de 170 mil hóspedes, que originaram em mais de 1,1 milhões dormidas, representando aumentos de 4 e 6,8% face ao mesmo período do ano de 2017.

De acordo com os dados das movimentações de hospedes, divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Nacional (INE), os turistas ingleses foram os que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 9,3 noites.

A ilha do Sal foi a mais procurada pelos turistas, representando cerca de 55,1% das dormidas nos estabelecimentos hoteleiros.

Os dados mostram que os hotéis continuam a ser os estabelecimentos hoteleiros mais procurados, representando 89,3% do total das entradas, seguido das residenciais com cerca de 3,0%, os aldeamentos turísticos e as pensões com 2,9% e 2,6% respetivamente.

Relativamente às dormidas, adianta o INE que os hotéis representam 92,1%, os aldeamentos turísticos, 3,0% e as residenciais com 1,8%.

A ilha do Sal teve maior acolhimento, com 51,0% do total das entradas, seguida da ilha do Boa Vista, com 30,6% e Santiago com 9,3% e quanto às dormidas, a ilha do Sal registou 55,1%, Boa Vista registou 36,3%, e Santiago 3,9%.

Por país de residência habitual dos hóspedes, os residentes em Cabo Verde totalizaram 9,0% das entradas e 4,0% das dormidas, conforme adiantou o INE.

Ler mais
Recomendadas

Acordo sobre mobilidade na CPLP será aprovado em julho em Cabo Verde

A data foi definida na V reunião dos ministros do Interior e da Administração Interna da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que terminou na cidade da Praia, capital de Cabo Verde, país que atualmente assume a presidência rotativa da instituição.

Cabo Verde Airlines e TAAG assinam acordo para voos Luanda-Sal

A parceria prevê que uma das companhias transporte passageiros da outra. Ou seja, se comprar um bilhete para um voo da Cabo Verde Airlines entre Luanda e Sal irá viajar num avião da transportadora aérea angolana.

CIN promete transformar Cabo Verde num país plataforma no Atlântico

Na tomada de posse dp gabinete de operacionalização deste Centro Internacional de Negócios, vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças cabo-verdiano, Olavo Correia, que considerou ser “obrigação” do governo criar novas oportunidades para os jovens.
Comentários