Icelandair entrega proposta final para aquisição de 51% do capital social da TACV

O Governo de Cabo Verde anunciou, num comunicado emitido no sábado que a empresa Loftleidir-Icelandic, do Grupo Icelandair, uma companhia aérea da Islândia, entregou a proposta final para a aquisição de 51% do capital social da Cabo Verde Airlines (TACV)

De acordo com o comunicado a “proposta final e vinculativa” para a aquisição de 51% do capital social da Cabo Verde Airlines foi entregue a Unidade de Acompanhamento do Setor Empresarial do Estado.

A proposta resulta da apreciação feita pela comissão de avaliação à primeira proposta apresentada, “tendo sido exigido ao concorrente”, neste caso o  Loftleidir-Icelandic, “a entrega de informações suplementares, para cumprir os requisitos estabelecidos no caderno de encargos.

A proposta apresentada será avaliada, novamente, pela Comissão de avaliação, nomeada por despacho conjunto do Ministro das Finanças e do Ministro do Turismo e Transportes e assessorada por peritos internacionais em direito comercial, transportes aéreos e privatização.

O jornal Expresso das ilhas de Cabo Verde aponta que para a compra da TACV a Loftleidir Icelandic, criou Loftleidir Cabo Verde, da qual detém  70% do capital,  sendo os outros 30% dispersos por outros investidores.

Com isso a aquisição da Cabo Verde Airlines “não vai ter um impacto significativo nas contas do grupo” a que pertence a Icelandair, uma vez que a participação da Loftleidir Icelandic na Lofleidir Cabo Verde será classificada como uma empresa associada.

Recomendadas

Governo cabo-verdiano afasta problema de gestão nos aeroportos após rotura de combustíveis na Ilha do Sal

O ‘jet fuel’ afetou aviões que fizeram escala técnica na ilha no final da semana passada.

UE tem 2,5 milhões de euros para desenvolvimento sustentável e inclusão social em Cabo Verde

“Vamos ter em conta as propostas apresentadas, as temáticas tratadas, o trabalho já feito pelas organizações que vão apresentar estes projetos, a viabilidade e a sustentabilidade desses projetos, uma vez terminado o potencial financiamento”, disse Sofia Moreira de Sousa, embaixadora da União Europeia em Cabo Verde.

Bolsa de Valores de Cabo Verde sugere união dos Fundos do Ambiente, Turismo e Rodoviário

Emanuel Lima considera que esta pode ser a solução para grandes investimentos em Cabo Verde.
Comentários