Este produto é falsificado? Como comprar ‘online’ sem ser enganado

O Centro Europeu do Consumidor (CEC) reuniu algumas dicas para ajudar os consumidores a identificar contrafações na internet.

Há cada vez mais consumidores a comprarem produtos através da internet e a contrafacção de artigos, embora esteja associada aos artigos de luxo, na realidade, abrange todos os produtos: desde medicamentos, peças de automóveis ou cosméticos.

O Centro Europeu do Consumidor (CEC) reuniu algumas dicas para ajudar os consumidores a identificar contrafações na internet:

  • Esteja atento às descrições que acompanham o endereço Web quando pesquisa o produto. Os sites fraudulentos utilizam muitas vezes nomes de produtos seguidos de frases como “barato” ou “portes de envio gratuitos”.
  • Verificar a identidade e informação de contacto do vendedor, que deverá aparecer no separador “informação legal”. Compare-o com o registo em WHOIS, DENIC, AFNIC, DNS.PT
  • Consulte os comentários dos consumidores sobre o vendedor
  • Verifique a autenticidade do selo de certificação do site do vendedor
  • Esteja atento se a marca divulgou uma lista dos vendedores oficiais ou se denunciou algum site de contrafação
  • Compare preços com a loja oficial
  • Compare o logotipo oficial da marca com o logotipo publicado no site electrónico em causa ou no produto apresentado para venda
  • Verifique que as condições de venda, respeitam os direitos dos consumidores
  • Esteja atento à configuração gráfica do site onde está a adquirir o produto
  • Efetue o pagamento com segurança e evite transferências de dinheiro
Recomendadas

Última chamada: Acabam hoje as candidaturas para apoios ao arrendamento jovem

O apoio ao arrendamento jovem é concedido por 12 meses, mas agora pode ser renovado até cinco anos, em vez dos anteriores três anos.

Número de desempregados inscritos no IEFP cai 14,6% em abril

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego foi em abril de 321.240, uma descida homóloga de 14,6% e um recuo de 3,8% face a março, divulgou esta terça-feira o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Taxa de juro no crédito à habitação em máximos de junho de 2016

A taxa de juro nos contratos do crédito à habitação aumentou pelo quinto mês consecutivo, dos 1,066% em março para os 1,073% registados no passado mês de abril.
Comentários