Impeachment. Donald Trump acusa presidente da Câmara dos Representantes de compactuar com denunciante

Numa publicação no Twitter, o presidente norte-americano sugere que Nancy Pelosi compactuou com mentiras ditas pelo democrata que lidera o processo de destituição.

Alex Wong / Getty Images

O presidente norte-americano, Donald Trump, apontou o dedo à presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, ameaçando que esta pode ser acusada por traição ao governo dos Estados Unidos da América (EUA).

Na rede social Twitter, o presidente dos EUA alegou que Nancy Pelosi compactuou com mentiras ditas pelo democrata que lidera o processo de impeachment. Trump acusou ainda Adam Shiff, presidente da Comité de Inteligência e democrata que lidera a investigação contra o Presidente, de proferir declarações falsas e de se reunir ilegalmente com o denunciante.

Nancy Pelosi anunciou, no mês passado, que a Câmara dos Representantes iria dar inicio a uma investigação formal de impeachment (destituição) contra as atividades e ações suspeitas de Donald Trump, nomeadamente a chamada entre o presidente norte-americano e o homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky.

O Comité de Inteligência revelou que Trump pressionou a Ucrânia a investigar o filho do ex-vice presidente Joe Biden por suspeitas de corrupção numa petrolífera do qual ele é presidente. Momentos depois, a transcrição da chamada entre os dois foi divulgada. Schiff caracterizou a ligação de Trump com Zelensky como um “um clássico ataque mafioso”.

Um porta-voz do Comité de Schiff referiu, na semana passada, que o denunciante recorreu ao painel para apoio antes de prosseguir com a uma queixa sobre os esforços do presidente norte-americano para pressionar a Ucrânia a prosseguir uma investigação sobre os Bidens, porém não existem provas de que Schiff ou qualquer outro membro do painel tenham elaborado a denúncia.

No seu tweet, Trump atacou também Schiff e o denunciante dizendo que a cumplicidade de Nancy faz dela, também, culpada. “Isso faz com que a Nervous Nancy (Nancy Nervosa) seja tão culpada quanto Liddle (pequeno) Adam Schiff por crimes graves e delitos e até traição”, disse ele no Twitter. “Eu acho que isso significa que eles, juntamente com todos os que se aliaram, deviam ser imediatamente destituidos!”

Ler mais
Relacionadas

Advogado de agente da CIA assume que um segundo informador está disposto a testemunhar sobre Trump

Um segundo informador está disposto a testemunhar sobre o Presidente norte-americano, Donald Trump, visado num inquérito parlamentar com vista a um processo de destituição, anunciou este domingo o advogado do agente da CIA na origem das primeiras informações.

Conversas entre Moscovo e Washington divulgadas? Putin não se importa

“A minha vida anterior ensinou-me que qualquer uma das minhas conversas podiam ser publicadas”, afirmou o presidente russo com tranquilidade.

Impeachement: Mike Pompeo e William Barr suspeitos de entrar em contacto com líderes mundiais

O procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, e o secretário de Estado Mike Pompeo terão participado em reuniões entre o presidente Donald Trump com líderes estrangeiros de pelo menos quatro países.

Trump exige que presidente do Comité de Inteligência da Câmara dos EUA seja acusado de “traição”

Numa série de ataques na rede social Twitter, Donald Trump exigiu que Adam Schiff fosse detido por “traição” por parodiar as declarações do presidente durante uma audiência.
Recomendadas

‘Impeachment’. Trump promete divulgar transcrição de outra chamada com presidente ucraniano

Trump avançou que divulgaria a transcrição esta terça-feira, descrevendo-a para os repórteres como “muito importante”. Ao que tudo indica, esta segunda chamada terá ocorrido depois da primeira que desencadeou o processo de destituição contra o presidente norte-americano.

Pneumonia: Várias regiões portuguesas com as taxas mais elevadas de mortalidade na Europa

Portugal encontra-se em destaque no mapa elaborado pelo Eurostat, com várias regiões portuguesas a registarem as taxas mais elevadas de mortalidade associadas à pneumonia em 2016.

Estes são os 10 pontos do acordo entre PSOE e Podemos

O documento promete o apaziguamento da tensão na Catalunha, políticas feministas e o combate as alterações climáticas, mas também controlo da despesa pública e apoio às empresas espanholas.
Comentários