Inflação em Portugal continua abaixo da média europeia

As maiores contribuições para o aumento da inflação foram os serviços e a energia, com um aumento de 0,86 p.p. e 0,5 p.p. , pela mesma ordem. A inflação na zona euro e na União Europeia continuam a subir em comparação com o ano passado.

A inflação na zona euro em abril do presente ano situou-se em 1,7%, o que representa um aumento em relação ao mês de março, que se tinha fixado em 1,4%, revelou o Eurostat esta sexta-feira. De acordo com os mesmos dados, a inflação na União Europeia no mês de abril ficou em 1,9%, apresentando também uma subida em comparação com março, que se fixou em 1,6%.

Relativamente ao ano anterior, a inflação da zona euro em abril de 2018 ficou em 1,2%, representando uma subida de 0,4 pontos percentuais (p.p). Já a inflação na União Europeia de abril de 2018 fixou-se em 1,5%, representando também uma subida de 0,4 p.p.

As taxas mais baixas foram registadas na Croácia (0,8%) e a Dinamarca e Portugal ambos com 0,9%. Já as taxas de inflação mais altas foram registadas na Roménia (4,4%), Hungria (3,9). Em comparação com o ano passado, a inflação apenas caiu em seis Estados Membros, permaneceu estável em dois e aumentou os restantes 19 países.

Analisando a taxa de inflação em Portugal, é possível observar que desde janeiro esta se tem apresentado estável. Apenas com uma ligeira subida em relação ao mês anterior, Portugal continua a fixar-se abaixo tanto da taxa da zona euro como da União Europeia.

As maiores contribuições para o aumento da inflação foram os serviços, que subiram 0,86 p.p., seguidos pela energia (0,5 p.p.). A comida, álcool e tabaco apresentaram uma contribuição positiva de 0,29 p.p. e os bens industriais representaram a menor diminuição, apenas com 0,06 p.p.

Recomendadas

PremiumVindimas no Douro vão ter aumento de 30% na produção

O IVV prevê uma boa vindima de norte a sul do país, incluindo a Madeira e os Açores. Para as regiões do Dão e da Beira esperam-se ‘disparos’ de produção de 35%. Tejo e Lisboa são as únicas a cair.

Glovo compra aplicação de venda de comida à dona das marcas Burguer King e Pizza Hut

O contrato de compra foi assinado esta terça-feira, e com esta operação, a AmRest vai receber novas ações no capital da Glovo e mais cinco milhões de euros por ajustes no preço.

Projeto de criação de ostras em Portugal abre segunda fase de financiamento

Segundo a plataforma GoParity, o objetivo da OysterWorld é angariar 2,1 milhões no total, que será financiado na sua maior parte por um financiamento a fundo perdido do programa Mar 2020, no montante de 1,07 milhões de euros, e o remanescente por capitais próprios e uma linha de financiamento de longo prazo.
Comentários