Inquérito/CGD: Comissão recebeu hoje documentação do Banco de Portugal

A informação recebida diz respeito às atas do Conselho de Administração do banco central, bem como a informação relativa a auditorias e inspeções, ou avisos e circulares referentes a processos de concessão de crédito, risco e auditoria.

Rafael Marchante/Reuters

A Comissão Parlamentar de Inquérito à Caixa Geral de Depósitos (CGD) recebeu hoje documentação pedida ao Banco de Portugal, disse à Lusa o presidente da comissão, Luís Leite Ramos.

A informação recebida diz respeito às atas do Conselho de Administração do banco central, bem como a informação relativa a auditorias e inspeções, ou avisos e circulares referentes a processos de concessão de crédito, risco e auditoria.

A exceção são documentos que pertencem também ao Banco Central Europeu (BCE) e que necessitam da autorização deste para serem divulgados, explicou Luís Leite Ramos.

Na última semana, a comissão continuou a receber informação requerida ao Banco de Portugal e CGD, o que está a adiar o início das audições.

A informação proveniente do Banco de Portugal junta-se assim às 19 mil páginas em análise por parte da comissão, sobretudo provenientes da Caixa Geral de Depósitos.

O recebimento desta informação forçou o adiamento do começo das audiências à EY, que estavam marcadas para dia 12 de março.

Recorde-se que a comissão requereu informação relativa a atas de conselhos de crédito e direção de risco da Caixa, bem como documentação do Conselho de Administração do banco público.CGD

De acordo com a edição de hoje do jornal Público, alguma da informação encontra-se rasurada, sobretudo a que está relacionada com operações de crédito que não as 25 mais dolosas identificadas pela auditora EY, o que está a gerar discórdia entre a CGD e a comissão parlamentar.

Para além desta documentação pedida à CGD, foi pedida informação à EY, bem como ao Conselho de Administração do Banco de Portugal, que hoje chegou à comissão.

Assim, o arranque das audições poderá ter início na sexta-feira da próxima semana, dia 22 de março, ou na segunda-feira da semana seguinte, dia 26, de acordo com o presidente da comissão.

O relator da comissão será o deputado João Almeida, do CDS-PP.

Ler mais
Recomendadas

Deutsche Bank terá emprestado 2 mil milhões de dólares a Donald Trump durante 20 anos

Antes de ser eleito, foram concedidos pelo banco alemão empréstimos no valor 2 mil milhões de dólares a Donald Trump. O relatório do ”New York Times” avança que estas cedências foram feitas num espaço de duas décadas.

Rui Rio diz que auditoria ao Novo Banco deve incluir atual gestão

Presidente do PSD ressalvou que incluir a atual gestão do Novo Banco na auditoria “não quer dizer que haja desconfianças” sobre a forma como a instituição está a ser gerida. Mas que os contribuintes portugueses “exigem uma clarificação”.

Serralves e Gulbenkian no mapa cultural do Bankinter

Fundador de Serralves desde 2019, o Bankinter anuncia também o apoio à exposição “Cérebro, mais vasto que o céu”, organizada pela Fundação Calouste Gulbenkian.
Comentários