Insurtech: já são conhecidos os 8 finalistas do programa collab 3.0 EMEA

A participação atingiu um recorde de 148 candidaturas de 32 países, em competição pela possibilidade de ganhar um contrato celebrado com a MetLife.

Estão encontrados os oito finalistas do programa de inovação global, o “collab 3.0 EMEA”, promovido pela MetLife  administrado pela LumenLab, o centro de inovação da MetLife Asia, em colaboração com a região da MetLife na Europa, Médio Oriente e África (EMEA).

Este programa convida as insurtech a competir por um contrato de 100 mil dólares (cerca de 81 mil euros) , visando o  desenvolvimento de novas soluções a integrar na cadeia de valor dos seguros, em áreas que incluem envolvimento do cliente, a vendas e as operações. O vencedor poderá implementar, em modo experimental, a sua solução com a MetLife na EMEA.

E os oito finalistas são:

DataRobot (EUA) – oferece uma plataforma e serviços de machine-learning que ajudam as empresas a fazer previsões precisas a partir de elevados volumes de dados (big data) e a obter informações aplicáveis numa fração do tempo exigido pelas convencionais ferramentas e métodos científicos de tratamento de dados.

Anorak (Reino Unido) – é uma plataforma inteligente de consultoria e aconselhamento em seguros de vida, que aproveita várias fontes de dados e soluções de machine-learning para fornecer aos clientes recomendações imparciais e personalizadas sobre como obter a apólice de seguro de vida mais correta.

Lucep (Singapura) – é um sistema de engagement omni-canal que gera leads de canais digitais, direcionando-os para os melhores agentes disponíveis de modo a responder a uma chamada, fornecendo ao agente análises e dados sobre determinado cenário, para os ajudar a convertê-lo num cliente.

Kasko (Reino Unido) – oferece uma plataforma de seguros end-to-end baseada na cloud, que permite às seguradoras criar, lançar, executar e otimizar produtos de seguros digitais em qualquer canal de distribuição de maneira rápida, económica e flexível.

Eltropy (EUA) – capacita as empresas financeiras a envolver os clientes através de Apps de mensagens como SMS, iMessage, WhatsApp, Line, WeChat e Facebook Messenger – de modo a aumentar rapidamente as receitas.

ID Co. (Reino Unido) – oferece aos clientes uma experiência de verificação do utilizador sem atritos durante o processo de integração, usando dados do Open Banking e a verificação de identidade.

TrustSphere (Singapura) – usa a tecnologia de relationship analytics para alavancar as redes de interação dos funcionários numa organização, analisando automaticamente apenas os metadados das interações digitais desses colaboradores.

CUBE (Reino Unido) – fornece uma abordagem automatizada para monitorizar, detetar e analisar mudanças regulatórias globais, ajudando as empresas a entender o impacto dessas mudanças nas políticas e nos procedimentos em todas as linhas dos negócios.

Desde o seu lançamento, em março passado, o “collab 3.0 EMEA” atraiu um número recorde de participações – 148, oriundas de 32 países em todo o mundo. Os oito finalistas aprimorarão as suas ideias nos próximos dois meses, antes de as apresentar aos executivos seniores da MetLife em julho, na cidade de Londres.

Para ajudar os finalistas a desenvolver as suas soluções e aprimorar a sua perceção sobre os negócios da MetLife, os finalistas serão associados a “colaboradores campeões” da MetLife, que fornecerão orientação adequada a cada projeto, sublinhando o compromisso da empresa com o desenvolvimento de talentos e promovendo uma cultura de inovação.