ISAL aposta na internacionalização e vai ao Brasil captar estudantes

O ISAL – Instituto Superior de Administração e Línguas, na Madeira, escolheu o Brasil para investir na sua política de internacionalização, por razões culturais e históricas, mas igualmente pela facilidade da língua e semelhança no ensino.

Além disso, o acesso ao ensino superior português está facilitado pela admissão do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio do Brasil em Portugal, que substitui a prova de ingresso nas universidades, e que, nesse quadro, é aceite pelo ISAL para o acesso dos estudantes internacionais daquele país sul-americano.

A instituição abriu a nove de janeiro a sua 1.ª fase de acesso aos estudantes internacionais, que, para o ano letivo 2017/2018, terá três fases de acesso ao ensino superior para estudantes internacionais, cujas candidaturas podem ser formalizadas de 9 a 28 de janeiro de 2017 (1.ª fase), de 3 a 21 de abril, (2.ª fase) e de 4 a 22 de setembro (3.ª fase).

Promoção no Brasil em março

Por outro lado, no seguimento da política de internacionalização do ISAL, iniciada no último ano letivo, vai estar presente em diversos feiras “Salão Estudante”, no Brasil, no próximo mês de março.

O objetivo visa precisamente a captação de estudantes internacionais.

Em concreto, vai estar no Salão Estudante – São Paulo, nos dias 11 e de 12 março, no Salão Estudante – São Rio de Janeiro (Barra), a 14 de março, no Salão Estudante – São Rio de Janeiro (Copacabana), a 17 de março, no Salão Estudante – São Curitiba, a 18 de março, e, finalmente, no Salão Estudante – São Belo Horizonte, no dia 19 de março.

A estratégia de internacionalização do ISAL visa a promoção da mobilidade internacional de estudantes, professores, investigadores e de pessoal não docente e ainda o incentivo à cooperação estratégica, às parcerias e ao reforço das capacidades institucionais.

Saliente-se que o ensino superior português beneficia de condições particulares que advêm dos grandes espaços internacionais nas quais Portugal está integrado: a União Europeia e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

De referir que o ISAL já participa no Programa Erasmus+, tendo várias parcerias com instituições de ensino europeias, nomeadamente na Grécia, em Espanha, na Croácia, em Itália, na Polónia, na República Checa, em França, na Hungria e na Turquia, com as quais anualmente existe um intercâmbio de alunos e de docentes.

Neste âmbito, realizar-se-á entre 27 de fevereiro e 3 de março, a 2.ª edição de “Erasmus Staff Training Week”. Para já, conta com 23 inscritos provenientes das mais diversas universidades europeias.

 

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Taxa do crédito habitação sobe na Madeira para os 1,004%

O montante em dívida desceu para os 58 mil 247 euros no crédito à habitação mas a prestação média e a amortização subiram na Madeira.

JPP entrega em tribunal intimação contra Município do Funchal sobre Frente Mar

O JPP espera por documentos relativos à empresa pública Frente Mar Funchal, que acredita só chegarem agora por ordem do Tribunal.

Governo da Madeira cria linha de crédito até cinco milhões de euros para escolas profissionais

A linha de crédito vai ser para adiantar os fundos comunitários do Fundo Social Europeu fazendo com que as escolas profissionais equilibrem a sua tesouraria.
Comentários