Itália multa Facebook em 10 milhões de euros por venda de dados

A rede social “induziu os utilizadores a registarem-se na plataforma Facebook sem os informar imediatamente e de forma adequada, na fase de abertura da conta, de atividades de recolha dos dados que lhe são fornecidos para fins comerciais”, indicou em comunicado o organismo.

A Autoridade da Concorrência de Itália anunciou hoje que aplicou uma multa de 10 milhões de euros ao Facebook, acusado de vender dados dos utilizadores sem os informar corretamente.

A rede social “induziu os utilizadores a registarem-se na plataforma Facebook sem os informar imediatamente e de forma adequada, na fase de abertura da conta, de atividades de recolha dos dados que lhe são fornecidos para fins comerciais”, indicou em comunicado o organismo.

A autoridade acusou também o Facebook de não assumir claramente “a finalidade remunerativa subjacente à prestação de serviços da rede social, sublinhando apenas a sua gratuitidade”.

O Facebook foi igualmente acusado de “prática agressiva” por “condicionamento” dos utilizadores, dado que quando estes tentam “limitar a partilha dos seus dados”, o grupo dá a entender que se arriscam a “limitações significativas” na utilização dos serviços.

Recomendadas

Governo e Sindicatos prosseguem negociação para a Função Pública no dia 20 de dezembro

Segurança e saúde no trabalho (SST); acidentes de trabalho e doenças profissionais; aposentação; Programa Qualifica AP; e negociação de projetos de diploma que alteram a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas estiveram hoje na agenda da reunião entre o Governo e as estruturas sindicais.

Estrasburgo: tiroteio em mercado de Natal faz um morto

Incidente ocorreu num mercado de Natal em Estrasburgo.

Centeno é a personalidade do ano para a Associação de Imprensa Estrangeira

“Os correspondentes estrangeiros atribuíram o prémio ao ministro das Finanças português, que se destacou na imprensa internacional depois da sua chegada no início do ano à presidência do Eurogrupo”, lê-se na nota da Associação de Imprensa Estrangeira em Portugal.
Comentários