Já sabe como usar o seu subsídio de natal? Pode seguir estes conselhos

Comprar, poupar ou investir? Três formas onde poderá dar uso a um subsídio que dada a época é sempre propícia a mais gastos.

E eis que chega aquela altura do ano onde uma quantia extra é depositada na sua conta bancária, caso trabalhe por conta de outrém. O subsídio de natal é na maioria das situações usado para as compras natalícias, mas poderá ser também utilizado para poupar, investir e até mesmo pagar algumas dívidas.

No caso de estar a pensar comprar os presentes para os seus familiares ou amigos defina o valor máximo que vai gastar por prenda e quanto poderá gastar em presentes, fazendo as compras o mais cedo possível. Isto porque, quanto mais se aproxima o natal maior é a procura face à oferta, o que faz com que os preços sejam mais elevados e desse modo irá gastar mais do que o previsto.

Se pretende usar o seu subsídio de natal como uma poupança esta é uma boa altura para o fazer, já que com o início do ano chegam os aumentos mensais por exemplo, nas taxas de juro, crédito habitação, água, luz e telecomunicações.

Pode também investir em si mesmo ou no seu futuro, utilizando o seu subsídio de natal para fazer produtos como o Plano Poupança Reforma (PPR), já que quanto mais cedo começar a poupar para esse objetivo, menor o montante que terá de pôr de lado mensalmente.

O investimento em depósitos com horizonte temporal mais alargado – três ou cinco anos, em fundos de investimentos – de ações, obrigações, mistos, flexíveis, imobiliários, entre outros ou no mercado bolsista, é outra das opções com que poderá usar o seu subsídio de natal.

Recomendadas

Amante de viagens? Vai ser possível comprar bilhetes de avião pela Amazon

A gigante do e-commerce vai começar a vender voos domésticos. Segundo os relatórios, a empresa de Jeff Bezzos já assinou parcerias com algumas companhias aéreas incluindo Vistara UK, GoAir, SpiceJet e IndiGo.

Encher um depósito de gasolina já custa mais 10 euros do que em janeiro

A partir de segunda-feira, os combustíveis ficam novamente mais caros. Aumento é maior na gasolina, tanto nas cadeias de marca branca, como nas principais gasolineiras.

Férias: Portugueses sonham com as Maldivas mas vão para Maiorca

A Europa continua a liderar os destinos mais procurados pelos portugueses, embora estes prefiram destinos com praia. Palma de Maiorca e Benidorm preenchem os dois critérios.
Comentários