JE editors Talks: Educação & Tecnologia. Assista em direto a 7 de maio

Conheça o impacto e as mudanças que a transição tecnológica está a impor sobre os processos educativos numa talk em direto, no próximo dia 7 de maio, às 15h.

A pandemia de Covid-19 tornou cada vez mais importante a discussão sobre o papel que podem as novas tecnologias desempenhar ao nível da educação e da formação profissional.

É neste contexto que se irá realizar uma talk especial sobre o tema, complementando o caderno especial que acompanha a edição de 30 de abril do seu Jornal Económico.

Quais as mudanças que a inovação pode arrancar nos processos educativos nos diferentes níveis de ensino? Que benefícios traz esta nova realidade para os cidadãos e empresas? São algumas das questões que pretendemos abordar, em direto, já no próximo dia 7 de maio, às 15h.

Esta talk conta com o apoio da Universidade Portucalense, do CENFIM, da Faculdade de Ciências Humanas da UCP Lisboa, do INOVINTER, Politécnico de Coimbra e do ISEG. Poderá assistir à mesma no site e facebook d’O Jornal Económico.

 

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com a Universidade Portucalense, o CENFIM, a Faculdade de Ciências Humanas da UCP Lisboa, o INOVINTER, Politécnico de Coimbra e o ISEG.

Recomendadas
João Paulo Correia

Novo Banco: PS acusa PSD de querer ganhar na secretaria o que não ganhou com inquérito

“O Partido Socialista esperava da parte do PSD uma posição mais responsável e mais construtiva nesta fase do inquérito. O PSD sente-se tentado a ganhar na secretaria aquilo que não foram os ganhos que espera ter durante os trabalhos do inquérito”, afirmou o deputado socialista João Paulo Correia.

5G: Propostas seguem nos 337,7 milhões no 134.º dia de licitação principal do leilão

Se tivesse terminado esta sexta-feira, o Estado teria arrecadado mais de 422 milhões de euros (incluindo a licitação dos novos entrantes de 84,3 milhões de euros), bastante acima do montante indicativo de 237,9 milhões de euros.

McKinsey defende importância do investimento em ativos intangíveis para o crescimento das empresas

Empresas que estão entre as 10% que mais crescem investem 2,6 vezes mais em ativos intangíveis do que as restantes 50% que menos crescem, revela estudo da consultora. Exemplo de ativos intangíveis são a propriedade intelectual, a pesquisa, a tecnologia e software e o capital humano.
Comentários