Joalharia de autor portuguesa apresenta-se em Amesterdão

Para Fátima Santos, Secretária-Geral da AORP, “A joalharia portuguesa sempre foi reconhecida internacionalmente pelo perfecionismo da arte e pela atenção ao detalhe. Mas hoje em dia as atenções viram-se para as marcas de autor”.

De 9 a 12 de novembro, Bruno da Rocha, Carla_M_Jewellery, Cecília Ribeiro e Sopro Jewellery estarão em exposição na Sieraad Art Fair, em Amesterdão, um evento vocacionado para a joalharia contemporânea, que irá reunir cerca de 160 designers de mais de 40 países.

Em comunicado enviado às redações, é referido que os criadores nacionais participam na SIERAAD, que é um dos mais cosmopolitas eventos de joalharia contemporânea da Europa. E o designer português Bruno da Rocha eleito para o cartaz de promoção do evento

“Bruno da Rocha será uma das marcas em evidência nesta edição, uma vez que, pela primeira vez, o evento escolheu uma imagem de um criador nacional para o cartaz de promoção. O convite surgiu depois do criador português ter sido uma das marcas em destaque na edição anterior”, diz a nota.

Para Fátima Santos, Secretária-Geral da AORP, “A joalharia portuguesa sempre foi reconhecida internacionalmente pelo perfecionismo da arte e pela atenção ao detalhe. Mas hoje em dia as atenções viram-se para as marcas de autor que, aliando este nosso saber-fazer a novos conceitos e linguagens criativas, colocam Portugal no mapa do design contemporâneo internacional.”, refere em comunicado

Recomendadas

Vai ter uma apresentação importante? Saiba como criar slideshows rapidamente

O Slideshow Maker da Wondershare permite-lhe juntar fotos, ordená-las, editá-las (rodar, reenquadrar e aplicar efeitos “á lá Instagram”).

Veja aqui os vencedores dos Emmy

A série televisiva “A Guerra dos Tronos”, com nove prémios, foi a vencedora dos Emmy, seguida por “The Marvelous Mrs. Maisel”, que conquistou oito estatuetas, enquanto a HBO e Netflix ficaram empatadas, ambas com 23 prémios.

The Nun: o maior sucesso de sempre de um filme de terror em Portugal

Foi pelo segundo fim-de-semana consecutivo a escolha preferencial dos portugueses nas salas de cinema.
Comentários