Jornal Económico lança novo site Economize

O Jornal Económico vai lançar esta semana o Economize – a economia próxima de si – um site inovador com informações úteis para os cidadãos e as empresas, sobre temas como finanças pessoais, direitos do consumidor, educação, legislação laboral e fiscalidade, entre outros. O objetivo é promover a literacia financeira. Se mexe com a sua carteira, estará no Economize!

Ler mais

O arranque do Economize, no endereço www.economize.pt, terá lugar na próxima quinta-feira, 15 de março, Dia Mundial dos Direitos do Consumidor. Um dos destaques no primeiro dia vai ser um webinar sobre os direitos do consumidor, que contará com a participação  de vários especialistas. Este webinar será transmitido às 11 horas, no site e na página de Facebook do Economize, com transmissão em simultâneo na homepage do Jornal Económico.

Numa altura em que a literacia financeira, o aumento da poupança e o consumo sustentável são eixos cruciais da economia portuguesa, o Economize será um portal imprescindível para os consumidores e as empresas fazerem escolhas informadas sobre como gerir e aplicar as suas finanças.

Com a coordenação da jornalista Rita Paz, o Economize vai fornecer notícias, guias, análise, dicas, simuladores, calculadores, consultórios e opinião . O conteúdo será disponibilizado em vários formatos, incluindo texto, vídeo, webinars, infografias e fotogalerias. A filosofia do novo site abrange tudo o que possa afetar as finanças dos portugueses e portuguesas.

Uma newsletter semanal às sextas-feiras irá fazer chegar diretamente às caixas de correio dos leitores os melhores conteúdos produzidos para o Economize.

Impostos, poupança, consumo, habitação, transportes, seguros, bancos, educação, emprego, saúde, viagens, investimento – quem visitar o Economize poderá, sem custos, ter acesso a conteúdos sobre estes e outros temas.

O novo site será produzido pela equipa de  jornalistas do Jornal Económico, e contará com as colaborações de instituições públicas e privadas especializadas nas temáticas que irão ser tratadas, bem como de opinadores conceituados e independentes.

O lançamento do Economize constitui mais um passo na estratégia de diversificação editorial do Jornal Económico, com a criação de produtos destinados a públicos específicos, aproveitando as sinergias entre os diferentes projetos. Desde o arranque do Jornal Económico, em setembro de 2016, foram lançados o Económico Madeira, o JE China,  a edição digital da revista Start Up, a página de comentário Objetivo e, em fevereiro deste ano, o Económico Cabo Verde.

Relacionadas

Jornal Económico está disponível nas principais universidades portuguesas

O Jornal Económico está disponível nas principais universidades portuguesas, numa iniciativa inédita que conta com o apoio da EDP – Energias de Portugal. Se é estudante, docente ou funcionário de uma das 15 universidades abrangidas por este programa, veja como aceder gratuitamente à versão digital da edição semanal do Jornal Económico, com a inovadora solução @office.

Jornal Económico lança nova plataforma JE Leitor

O JE Leitor é mais simples, mais rápido e mais fácil de utilizar. Leia o seu Jornal Económico esteja onde estiver, por computador, tablet ou smartphone, por apenas 1,99 euros por semana.

JE lança Económico Cabo Verde

Novo site de informação económica em Cabo Verde arranca na próxima semana e terá uma redação própria, sediada na cidade da Praia.

Novo site “Objetivo”, com João Marcelino, arranca esta sexta-feira

João Marcelino, ex-diretor do “Record”, “Correio da Manhã”, “Sábado” e “DN”, será o novo colunista do Jornal Económico, a partir desta sexta-feira, 2 de fevereiro. Além de uma coluna semanal na edição impressa, o jornalista será responsável pelo site Objetivo, um espaço personalizado de comentário sobre os grandes temas da atualidade.
Recomendadas

Ordem dos Advogados propõe quotas mais baixas e novo escalão para mais novos

Consulte aqui os valores propostos para o próximo ano, a entrar em vigor a partir de 1 de janeiro de 2019. Segundo esta entidade, a decisão deve-se à “reivindicação” dos profissionais devido ao “elevado valor das quotas dos seus associados individuais”.

Ordem dos Advogados propõe redução de quotas em 2019

A Ordem dos Advogados elaborou uma proposta de redução anual das quotas dos advogados num total de 1,2 milhões de euros, que será discutida em assembleia geral extraordinária a 15 de outubro.

Sonae pretende colocar 25% do negócio do retalho em bolsa

A IPO será composta por uma oferta pública a investidores qualificados e não qualificados em Portugal, bem como uma oferta particular internacional a investidores institucionais, anunciou a retalhista.
Comentários