José Neves: “A plataforma vai transacionar dois mil milhões de dólares”

Fundador da Farfetch revelou meta ambiciosa, que ainda assim considerou “uma gota no oceano”, durante a Dream Assembly que está a decorrer em Londres.

Farfetch

O fundador da Farfetch, José Neves, disse ontem, em declarações exclusivas ao Jornal Económico, durante os trabalhos do programa de aceleração de projetos de negócio Dream Assembly, que “a plataforma vai transacionar dois mil milhões de dólares [1,75 mil milhões de euros] até ao final de 2019”, admitindo que lhe sobra muito espaço para crescer. “Numa indústria de 300 mil milhões ainda é uma gota no oceano”, comentou.

Eram cinco horas da tarde em ponto quando o empresário chegou ao quarto piso do Rooftop Kitchen, um café panorâmico na zona leste de Londres, uma das mais tech da capital britânica. Vestido de preto e com uma mochila às costas, este português, que construiu um verdadeiro império no setor da moda online, trocou algumas palavras com investidores e elementos das startups que participaram no segundo do Dream Assembly.

Em Portugal, além da construção de um campus em Matosinhos, José Neves sublinhou também a importância do nosso país na estratégia do grupo.

Recomendadas

10 mandamentos gastronómicos da Quinta do Lago

Um verdadeiro portfólio gastronómico. Esta é a promessa de tudo aquilo que poderá encontrar na Quinta do Lago. Em cada uma das opções, uma experiência surpreendente. É que, aqui, a Natureza e o luxo andam de mãos dadas.

Toyota traz para Portugal um bestseller mundial

Foi comercializado em Portugal, no passado. É-nos familiar dos filmes e séries norte-americanos, onde se impõe pelo seu reconhecido requinte. Chega agora ao mercado português para se assumir como a proposta de topo da Toyota. Os argumentos são muitos…

ABANCA integra Ana Barros como administradora

A instituição reuniu o seu conselho de administração pela primeira vez em Lisboa. Licenciada no Porto, Ana Barros trabalhou em banca de investimento em Madrid, Nova Iorque e Londres, entre várias outras funções.
Comentários