Juncker vai propor criação de uma polícia costeira comum

Segundo a agência de notícias espanhola Efe, que teve acesso ao rascunho da intervenção do presidente da Comissão Europeia, este vai propor uma polícia comunitária costeira, que permita que as autoridades nacionais tenham apoio da CE no terreno.

© European Union / Photo: Etienne Ansotte

O presidente da Comissão Europeia (CE) vai propor esta quarta-feira, no último discurso sobre o estado da UE, a criação de uma polícia costeira comunitária e medidas que alavanquem o euro no mercado de transações financeiras internacionais.

Segundo a agência de notícias espanhola Efe, que teve acesso ao rascunho da intervenção de Jean-Claude Juncker, este vai propor uma polícia comunitária costeira, que permita que as autoridades nacionais tenham apoio da CE no terreno.

Por outro lado, o presidente da CE vai defender medidas para que o euro seja também a moeda das operações financeiras internacionais, de forma a alterar o paradigma que estabelece que o mercado de transações é realizado em dólares.

Juncker não vai mencionar qualquer líder ou partido europeu, mas planeia mostrar a sua preocupação pelo “tom duro” e a “linguagem de ódio” que está a ganhar terreno nas discussões políticas.

Outras medidas serão abordadas por Juncker: um acordo de livre comércio entre a UE e África, a iniciativa popular de abolição da mudança de hora e um novo regulamento para combater a manipulação eleitoral, relevante no contexto das eleições europeias, de acordo com a Efe.

A oito meses das eleições europeias de maio de 2019, o Parlamento Europeu debate o estado da UE com Juncker, que deverá sublinhar o impacto das medidas propostas pelo executivo comunitário nas suas dez áreas prioritárias e anunciar o que a CE pretende ainda alcançar antes do final do seu mandato.

O quarto e último discurso do político luxemburguês sobre o estado da UE tem início agendado para as 09:00 (08:00 em Lisboa), seguindo-se um debate com os eurodeputados, no qual se espera que estes façam um balanço dos resultados da “Comissão Juncker” até à data e definam as prioridades a alcançar pelo bloco comunitário antes de maio de 2019.

Ler mais
Recomendadas

Comediante ganha as eleições na Ucrânia

Presidenciais na Ucrânia. Primeiros resultados dão vitória a Volodymyr Zelensky. As sondagens dão vitória ao comediante com 73,1%. Petro Poroshenko obteve 25,3%, avança o Euronews.

Rachida dati: Ex-ministra quer tornar Paris de direita outra vez

Eurodeputada prepara autárquicas de 2020 com o objetivo de pôr fim a um jejum de quase 20 anos no centro-direita. Para isso terá que derrotar a socialista Anne Hidalgo, outra filha de imigrantes.

Árabes anunciam apoio financeiro de 2,7 mil milhões de euros para o Sudão

O apoio financeiro assume a forma de depósito de 500 milhões de dólares (445 milhões de euros) ao banco central sudanês e 2,5 mil milhões de dólares (2,2 mil milhões de euros) destinados a financiar as necessidades do povo sudanês em produtos alimentares, medicamentos e produtos petrolíferos, indicou a agência sudanesa oficial SPA, citada pela France Press, sem especificar se se trata de doações ou empréstimos.
Comentários