Kodak cria moeda virtual e ações disparam

A multinacional anunciou uma parceria com a WENN Digital para entrar no mercado das criptomoeda.

Ler mais

Bitcoin, ethereum, litecoin… “KODAKCoin”. A Kodak anunciou ontem uma parceria com a WENN Digital para entrar no mercado das criptomoeda com a sua moeda virtual KODAKOne”. De acordo com a Kodak, o objetivo das novidades é para capacitar os fotógrafos e as agências de ter maior controlo na gestão de direitos de imagem.

As ações da multinacional de produção e venda de equipamentos fotográficos mais do que duplicaram depois de vir a público um comunicado onde dava conta do lançamento da criptomoeda e da plataforma de gestão de direitos de imagem “KODAKOne”.

“Utilizando a tecnologia blockchain, a plataforma KODAKOne criará um livro digital encriptado de direitos para os fotógrafos registarem tanto o trabalho novo como o que está em arquivo que podem licenciar dentro da plataforma. Com a KODAKCoin, os fotógrafos participantes são convidados a participar numa nova economia dafotografia, vender o seu trabalho de forma segura numa plataforma de blockchain”, explicou a empresa, na mesma nota.

 

Fonte: Google

Relacionadas

Especial 2018: A bolha das criptomoedas vai rebentar?

Esta é a pergunta para um milhão de dólares – ou de euros -, porque estamos a falar de um crescimento mais do que exponencial deste mercado das criptomoedas.

2017: Num mar de cripto, a maior onda foi a da bitcoin

Dezenas de criptomoedas inundaram o mercado e as divisas digitais entraram no vocabulário global. No entanto, foi a bitcoin que captou a atenção com um disparo superior a 1.500%. O valor do ativo digital começou o ano abaixo dos 1.000 dólares e já superou os 19.000, mas mais que ganhadora, a bitcoin foi volátil, levantando a possibilidade de bolha. A falta de regulamentação e possível uso em atividades criminosas foram outros pontos criticados.
Recomendadas

Farfetch aumenta preço da entrada em bolsa para até 19 dólares por ação

Depois de o interesse dos investidores em ações tecnológicas, a Farfetch aumentou o preço das ações em cerca de dois dólares para, entre os 17 e os 19 dólares, avaliando a empresa entre 4,9 e 5,5 mil milhões de dólares.

Lei ‘Uber’ foi “aprovada por 80% dos deputados”, recorda Uber Portugal

Uber Portugal reage ao protesto dos taxistas e esclarece que lei foi aprovada por 80% dos deputados. Para a Uber, a lei que regula a atividade de TVDE traz “estabilidade e segurança jurídica” aos motoristas e utilizadores da Uber.

Cash Express quer reforçar rede no Algarve a partir do êxito de Portimão

A primeira loja desta rede em Portugal, aberta em Portimão, apresenta um crescimento significativo com uma faturação na ordem de um milhão de euros.
Comentários