Kompas recebe 50 mil euros na Primeira Everywhere Initiative Europeia da Visa

A startup do Reino Unido saiu vencedora com uma solução que usa o machine learning para suportar experiências de comércio regional. Ao todo foram submetidas mais de 300 inscrições de 19 países.

Crie um espaço de trabalho produtivo e criativo.

A Visa anunciou os vencedores da sua primeira competição europeia, Everywhere Initiative ao premiar, num total de 100 mil euros, três propostas de sucesso em três categorias, assim como a oportunidade de trabalhar com as Visa APIs em conjunto com mentores executivos e tecnólogos.

São elas:

bitemojo (Israel) – Local Community Challenge. Apresentaram a “Visa Bite”, uma aplicação que cria uma experiência de descoberta de produtos alimentares auto-guiada a partir do smartphone.

Kompas (Reino Unido) – Regional Intercity Challenge. A aplicação “Dependable City Exploration” usa o machine learning para personalizar conteúdo com base em preferências e interesses individuais.

Fly Money (Israel) – International Travel Challenge. A proposta fornece uma API para comparar e selecionar soluções de pagamento em viagem ao mesmo tempo que o consumidor regista um voo com um agente de viagens ou companhia aérea.

A Kompas ganhou um prémio adicional de 25 mil euros pela melhor proposta geral.

Anunciado no Mobile World Congress, em fevereiro, o programa Europeu Everywhere Initiative, da Visa, iniciou com a receção das propostas, em abril, nas três categorias  acima descritas. Depois das inscrições fechadas, em maio, a Visa selecionou cinco finalistas de cada categoria e convidou um representante de cada categoria para a conferência Money 20/20 em Copenhaga, para apresentar a sua ideia, Os vencedores foram anunciados por McCarthy, numa apresentação para as startups na conferência Sixth Stage, dirigida especialmente à comunidade startup.

Desde que o programa foi lançado, nos Estados Unidos, em 2015, participaram mais de 1.500 startups da América do Norte, na América Latina, Europa e Ásia.

 

 

 

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

BEI e IFD disponibilizam 200 milhões de euros a PME portuguesas reestruturadas

Esta iniciativa vem no âmbito do Programa Capitalizar, operacionalizado pelo Ministério da Economia, que tem como objetivo proporcionar o acesso ao financiamento a pequenas e médias empresa que foram objeto de uma reestruturação e que necessitam de fundos para investir em inovação.

Britânica GuestReady compra startup portuguesa Oporto City Flats

A empresa de gestão de unidades alojamento local não revelou o valor da operação. Na sequência do acordo, os sete colaboradores da Oporto City Flats passam a integrar os dois escritórios que a GuestReady tem em Portugal, em Lisboa e no Porto.

Tem uma startup ou PME de agrofood ou ambiente? DIVA vai apoiar novas soluções

As candidaturas podem ser feitas até 1 de fevereiro de 2019. Podem candidatar-se pequenas e médias empresas, incluindo startups, legalmente constituídas e estabelecidas num dos seis países referidos.
Comentários