Kompas recebe 50 mil euros na Primeira Everywhere Initiative Europeia da Visa

A startup do Reino Unido saiu vencedora com uma solução que usa o machine learning para suportar experiências de comércio regional. Ao todo foram submetidas mais de 300 inscrições de 19 países.

A Visa anunciou os vencedores da sua primeira competição europeia, Everywhere Initiative ao premiar, num total de 100 mil euros, três propostas de sucesso em três categorias, assim como a oportunidade de trabalhar com as Visa APIs em conjunto com mentores executivos e tecnólogos.

São elas:

bitemojo (Israel) – Local Community Challenge. Apresentaram a “Visa Bite”, uma aplicação que cria uma experiência de descoberta de produtos alimentares auto-guiada a partir do smartphone.

Kompas (Reino Unido) – Regional Intercity Challenge. A aplicação “Dependable City Exploration” usa o machine learning para personalizar conteúdo com base em preferências e interesses individuais.

Fly Money (Israel) – International Travel Challenge. A proposta fornece uma API para comparar e selecionar soluções de pagamento em viagem ao mesmo tempo que o consumidor regista um voo com um agente de viagens ou companhia aérea.

A Kompas ganhou um prémio adicional de 25 mil euros pela melhor proposta geral.

Anunciado no Mobile World Congress, em fevereiro, o programa Europeu Everywhere Initiative, da Visa, iniciou com a receção das propostas, em abril, nas três categorias  acima descritas. Depois das inscrições fechadas, em maio, a Visa selecionou cinco finalistas de cada categoria e convidou um representante de cada categoria para a conferência Money 20/20 em Copenhaga, para apresentar a sua ideia, Os vencedores foram anunciados por McCarthy, numa apresentação para as startups na conferência Sixth Stage, dirigida especialmente à comunidade startup.

Desde que o programa foi lançado, nos Estados Unidos, em 2015, participaram mais de 1.500 startups da América do Norte, na América Latina, Europa e Ásia.

 

 

 

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Startup portuguesa Sword Health fecha financiamento de 7 milhões de euros

A ronda de investimento de série A foi liderada pela Khosla Ventures e apoiada por outros ‘business angels’ , contando ainda com a participação dos atuais investidores.

Startups da ourivesaria têm a vida facilitada com nova “oficina co-work”

A Associação Nacional de Jovens Empresários e a Câmara de Gondomar uniram-se para facilitar o acesso dos ourives empreendedores a instrumentos para começarem o negócio. “Há vários jovens e ideias frescas prontos para por mãos à obra, precisam apenas de um apoio inicial. O investimento para entrar no setor é muito elevado, a aquisição das ferramentas mais básicas rondará os 50 mil euros”, diz ao Jornal Económico Francisco Mendes, diretor da ANJE.

Nabeiro convida startups a desenvolverem pilotos para as empresas do grupo

Desenvolvido pelo centro de inovação interno, em parceria com a consultora iMatch, o programa desafia pequenas empresas a apresentar soluções de produto, sustentabilidade e interação com o consumidor. “O grupo irá, mediante análise de cada uma, assegurar o financiamento necessário para o desenvolvimento e implementação dos respetivos pilotos”, refere Rui Miguel Nabeiro ao Jornal Económico.
Comentários