KPMG Portugal tem dezenas de vagas para profissionais com experiência

As vagas compreendem todas as áreas da tecnologia desde a transformação digital até à cibersegurança.

A KPMG Portugal anunciou ter reforçado adicionalmente a sua estrutura de ‘Advisory’ com a  contratação de três dezenas de recém-mestrados contratados. Além disso, informa em comunicado, que tem em aberto dezenas de vagas para profissionais com experiência.

Entre as funções, destaque para: ‘IT Security Professional’, ‘Java Developer’, ‘Front-end Developer’, ‘Senior Accountant’, ‘Audit Assistant’, ‘Tax Assistant’, ‘Cyber Security Manager’, ‘Forensic Analyst’, ‘RPA Developer’ e ‘Digital Transformation Consultant’.

Nasser Sattar, Head of Advisory, justifica as novas contratações com o crescimento nas diferentes áreas de Consultoria. “Este reforço complementar é uma consequência natural do desenvolvimento da atividade, em particular na área de Tecnologia”.

A firma portuguesa da rede KPMG tinha contratado em setembro último cerca de 150 novos colaboradores, entre recém-licenciados e recém-mestres.

 

Recomendadas

Banco de Portugal já assinou contratos superiores a 3,3 milhões de euros com advogados em 2019

Pagamento de três milhões de euros à Gonçalves Pereira ainda fica aquém do valor que o banco central se comprometeu a pagar no ano passado à Vieira de Almeida & Associados.

Suborno, corrupção e o retrato de Dorian Gray

No que à gestão diz respeito este não é um tema menor, alheio aos deveres de um gestor diligente, porque também na gestão deste risco “a sorte não existe. Aquilo a que chamas sorte é atenção aos detalhes”.

João Massano candidata-se a presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados

O advogado vai apoiar e integrar a candidatura de António Jaime Martins a bastonário. “A valorização do advogado, individualmente, e da advocacia, no seu todo, promove-se através da formação e da partilha de experiências multidisciplinares, que trazem à classe uma atualização dos temas e das questões legais que estão na ordem do dia”, defende.
Comentários