Leonardo Jardim: como ser despedido depois de render 640 milhões de euros

Leonardo Jardim foi despedido do Mónaco mas o clube do ‘principado’ lucrou pelo menos 640 milhões de euros com a venda de jogadores que o português potencializou. Tudo isto em apenas quatro anos.

Relacionadas

Leonardo Jardim: o treinador “louco” e que está sempre a contar piadas

Começou a carreira no modesto Camacha, da Madeira, e chegou ao Mónaco, onde ganhou um título e atingiu as meias-finais da ‘champions’. Os jogadores consideram-no um ténico brincalhão mas que cerra os dentes quando é preciso.

Leonardo Jardim abandona Mónaco

A rescisão do contrato foi oficializada esta quinta-feira. “Estou grato e orgulhoso por ter treinado o AS Monaco por mais de quatro anos. Sempre dei o melhor de mim mesmo e trabalhei com paixão”, diz o ex-técnico.
Recomendadas

Alta Comissária da ONU chegou a Caracas para analisar crise política, económica e social

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet iniciou quarta-feira uma visita de três dias à Venezuela, país que enfrenta uma grave crise política, económica e social que forçou mais de 4 milhões de venezuelanos a emigrar.

Acionistas da Goggle pediram relatório de impacto nos direitos humanos no regresso do motor à China

Um grupo de acionistas do Alphabet, dona do Google, pediu que a empresa prepare um relatório sobre o impacto nos direitos humanos de um possível regresso do famoso motor de pesquisa à China, com uma versão censurada.

Os cinco problemas da economia angolana aos olhos do FMI

O Fundo Monetário Internacional aprovou a segunda tranche de financiamento para Angola no valor de 248,15 milhões de dólares, mas identificou cinco desafios que as autoridades angolanas devem fazer de tudo para ultrapassar, entre os quais a diversificação económica.
Comentários