Líder do CDS-PP Madeira pede que seja regulamentado subsídio de mobilidade para ligação marítima

O centrista desafiou ainda o Governo da República a explicar de uma vez por todas o que entender ser o princípio da continuidade territorial e exigiu ao executivo central que passe da intenção à prática.

A regulamentação do subsídio de mobilidade para a ligação marítima entre a Madeira e o Continente foi o apelo deixado esta segunda-feira por Rui Barreto, líder do CDS-PP Madeira, a Ana Paula Vitorino, ministra do Mar.

Rui Barreto referiu que é necessário alterar a portaria que regulamenta o acesso ao subsídio social de mobilidade que actualmente “só existe para o transporte aéreo”. O líder do CDS-PP Madeira diz que este seria “é um grande passo”.

Para além disso o centrista desafia a República a esclarecer “de uma vez por todas o que é que entende por princípio da continuidade territorial”, o seu compromisso para com esse princípio, quanto vale, e qual o conceito.

Rui Barreto lembra que aquando da discussão do Orçamento na Assembleia da República, o CDS-PP apresentou uma proposta que previa que o Estado assumisse 50% do custo da ligação marítima, que foi chumbado pelo PS.

“Chega de anunciar intenções e nada concretizar”, defendeu o centrista.

Recomendadas

Exportações e importações sofrem forte abrandamento na Madeira

Em outubro as exportações subiram 26,8%, na Madeira, em contraste com os 32,8% do mês anterior. As importações cresceram 18,2%, uma taxa inferior aos 25,1% em comparação com o mês anterior.

Média de espetadores no Teatro Baltazar Dias chega aos 61%

O teatro municipal subiu a média de espectadores de 51% para os 61%, para os 46 mil espectadores, disse Paulo Cafôfo, presidente da Câmara Municipal do Funchal, durante a apresentação da revista CULTA.

Já viu uma tabela periódica humana? A Escola Jaime Moniz vai criar uma

A iniciativa insere-se na comemoração do ano internacional da tabela periódica decretado pela assembleia geral das Nações Unidas.
Comentários