Lisboa vai ganhar cinco mil novos lugares de estacionamento da EMEL

A Câmara de Lisboa quer realizar uma série de alterações à mobilidade urbana, em 2018. Além de mais estacionamento, está planeada uma “compra massiva” de autocarros. Na Carris e na EMEL haverá ainda contratações.

A Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) pretende criar cinco mil novos lugares de estacionamento automóvel ainda esta ano, segundo noticia o Correio da Manhã. O anúncio, desta e várias outras alterações no setor da mobilidade e transportes da capital, foi feito pelo vereador da Mobilidade, Miguel Gaspar, esta terça-feira.

Além dos novos lugares em parques de estacionamento por Lisboa, a EMEL vai ainda expandir o estacionamento à superfície para as freguesias de S. Domingos de Benfica e Lumiar, de acordo com os planos para 2018. Este ano, a EMEL vai ainda recrutar 60 novos colaboradores.

No que diz respeito aos transportes públicos, o vereador anunciou a renovação da frota da Carris no segundo semestre do ano. De acordo com Gaspar, citado pelo CM, a Carris irá investir 63 milhões de euros para a aquisição de 280 novos autocarros, que se juntam aos 660 veículos já existentes. “É uma compra massiva nunca antes feita”, afirmou o vereador. A empresa vai ainda recrutar 250 motoristas e guarda-freios.

Recomendadas

Reclamações às empresas de comunicações sobem 25% no primeiro semestre

Do total de reclamações registadas no 1º semestre, à volta de 80% respeitam ao sector das comunicações eletrónicas (cerca de 41,5 mil) e 20% aos serviços postais (cerca de 10,7 mil). Nas reclamações às comunicações eletrónicas, 96% respeitam aos três maiores operadores MEO, NOS e Vodafone.

BPI é membro fundador do NEST – projeto-âncora do Programa Turismo 4.0

O BPI lidera a Linha de Apoio à Qualificação da Oferta – Turismo de Portugal, com uma quota de 23,6% do montante total de crédito enquadrado até 30 de junho de 2018. No âmbito desta linha, o BPI, em conjunto com o Turismo de Portugal, já financiou mais de 20 milhões de euros respeitantes a 37 projetos (27,8%).

Novo Banco nomeia Mark Bourke para CFO

Mark Bourke deverá entrar em funções no Novo Banco previsivelmente no início do próximo ano, depois de completar o seu mandato no AIB e após autorização pelo Banco Central Europeu.
Comentários