Literacia financeira e supervisão bancária em debate na cidade da Praia

O evento, que discutirá os desafios de Cabo Verde num contexto de transformação digital, conta com o apoio do Ministério das Finanças e da Escola de Negócios e Governação da Universidade de Cabo Verde e com os patrocínios da consultora PwC, Banco Interatlântico e Banco Comercial do Atlântico.

A PSO – Knowledge & Communication organiza na cidade da Praia, na próxima sexta-feira, dia 8 de fevereiro, uma conferência sobre literacia financeira e supervisão bancária no atual contexto de integração e transformação digital.

A organização refere, em comunicado que a conferência servirá para discutir os principais desafios que se colocam a Cabo Verde, nesta nova fase, tendo em conta que “ nem o sistema financeiro nem a população cabo-verdiana podem assistir, indiferentes, as transformações, que têm surgido”.

O evento contará com dois painéis, compostos por representantes das mais importantes instituições financeiras de Cabo Verde, que irão colocar em perspetiva as novas normativas mundiais de supervisão face à realidade cabo-verdiana.

A nota refere que a sessão terá em cima da mesa as transformações digitais que têm acontecido em todo o mundo e que proporcionam um conjunto de oportunidades particularmente “para os países como Cabo Verde, cuja insularidade incentiva a adoção dos meios digitais”.

A temática da educação financeira será analisada na conferência, tendo em conta que esta  “tem o papel de esclarecer o modo de funcionamento do sistema bancário e as oportunidades que este oferece e a supervisão garante o seu bom funcionamento”.

A conferência conta com o apoio do Ministério das Finanças e da Escola de Negócios e Governação da Universidade de Cabo Verde e com o patrocínio da consultora PwC, Banco Interatlântico e Banco Comercial do Atlântico. Ao vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças de Cabo Verde, Olavo Correia, estará entregue a abertura do encontro.

Prevê-se ainda a participação de líderes e quadros empresariais do sector financeiro de Cabo Verde, um leque de especialistas a nível mundial em supervisão bancária e literacia Financeira, como Pedro Machado, diretor de Serviços Jurídicos do Banco de Portugal, e Pedro Duarte Neves, presidente do Comité para a Proteção dos Consumidores e Inovação Financeira da Autoridade Bancária Europeia, bem como de alunos das áreas da economia e gestão empresarial.

Ler mais
Recomendadas

Acordo sobre mobilidade na CPLP será aprovado em julho em Cabo Verde

A data foi definida na V reunião dos ministros do Interior e da Administração Interna da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que terminou na cidade da Praia, capital de Cabo Verde, país que atualmente assume a presidência rotativa da instituição.

Cabo Verde Airlines e TAAG assinam acordo para voos Luanda-Sal

A parceria prevê que uma das companhias transporte passageiros da outra. Ou seja, se comprar um bilhete para um voo da Cabo Verde Airlines entre Luanda e Sal irá viajar num avião da transportadora aérea angolana.

CIN promete transformar Cabo Verde num país plataforma no Atlântico

Na tomada de posse dp gabinete de operacionalização deste Centro Internacional de Negócios, vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças cabo-verdiano, Olavo Correia, que considerou ser “obrigação” do governo criar novas oportunidades para os jovens.
Comentários