Lucro da REN cresce 2,3% para 90,9 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano

Valores foram comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários esta quinta-feira. O EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) chegou aos 378,4 milhões de euros, mais 3,8% face ao período homólogo.

As Redes Energéticas Nacionais (REN) registou um crescimento de 2,3% para 90 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2018, em relação ao mesmo período do último ano. No comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários esta quinta-feira, a REN indica ainda que o EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) chegou aos 378,4 milhões de euros, mais 3,8% face a 2017.

O EBITDA retirou benefícios da consolidação da Portgás (31,8 milhões), da contribuição do OPEX (8 milhões) e da venda do negócio de GPL à Energyco II, S.A. (4 milhões).

No que diz respeito ao investimento da empresa existiu uma descida de 16,3% para os 67,2 milhões de euros, face aos 80 milhões que haviam sido investidos no ano passado.

Recomendadas

Governo surpreendido com decisão da Altice de rescindir contrato com IP Telecom

O Ministério das Infraestruturas manifestou-se hoje surpreendido por a Altice ter rescindido o contrato com a IPTelecom para o enterramento de cabos, apontando que em 08 de agosto “foi possível chegar a um acordo entre partes”.

Espanhola MásMovil compra Nowo e Oni

Quarta maior operador de telecomunicações em Espanha e GAEA compraram a Cabonitel, que detém 100% do capital da portuguesa Nowo, que por sua vez, detém o total de capital da Oni.

Altice denuncia contrato com IP Telecom e critica “postura” da Infraestruturas de Portugal

A empresa liderada por Alexandre Fonseca critica a “postura acintosa e legalmente injustificada por parte da IP e da IPT” no processo que previa o enterramento de cabos da Altice em canais da Infraestruturas de Portugal em concelhos com elevado risco de incêndios florestais.
Comentários