Lucro da Sonaecom sobe 11,3% para 5 milhões de euros no 1.º trimestre

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonaecom adianta que o volume de negócios atingiu os 36,6 milhões de euros, 1,3% acima do registado um ano antes e 6,2% mais face ao último trimestre de 2017, “com contributos positivos das áreas de tecnologia e media”.

Ler mais

O lucro da Sonaecom subiu 11,3% no primeiro trimestre, face a igual período de 2017, para cinco milhões de euros, anunciou hoje a empresa.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonaecom adianta que o volume de negócios atingiu os 36,6 milhões de euros, 1,3% acima do registado um ano antes e 6,2% mais face ao último trimestre de 2017, “com contributos positivos das áreas de tecnologia e media”.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) progrediu 17,6% para oito milhões de euros, “justificado essencialmente pela linha do Método de Equivalência Patrimonial (MEP), sendo esta influenciada pelo contributo da ZOPT que, por sua ves, depende do resultado líquido da NOS”.

Os custos operacionais subiram 0,2% para 37 milhões de euros.

O investimento operacional (CAPEX) diminuiu para 1,6 milhões de euros, representando 4,4% do volume de negócios.

A área da tecnologia registou um volume de negócios de 33,3 milhões de euros, um aumento de 1%.

Nos media, ou seja, o jornal Público, a Sonaecom destaca “o desempenho positivo das receitas de publicidade ‘online'” que “conjuntamente com um crescimento das receitas de subscrição ‘online’ e uma nova metodologia de registo de custos de distribuição traduziram-se num crescimento de 3,4% no total das receitas” face ao primeiro trimestre de 2017.

O EBITDA, “apesar de negativo, registou um crescimento de 12,2%”, refere.

Recomendadas

Já não há dúvidas. INE confirma pela segunda vez que CGD entra no défice de 2017

A confirmação foi dada pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), que enviou esta sexta-feira para o Eurostat a segunda notificação anual no âmbito dos Procedimento dos Défices Excessivos (PDE).

Como ajudar o seu filho a ser bem sucedido na escola

À semelhança de um maravilhoso quadro multicolor abstrato, o regresso às aulas tende a despoletar junto dos mais novos por um lado, entusiasmo, alegria e motivação e por outro uma certa angústia e ansiedade perante os desafios que aí se avizinham. Ao mesmo tempo, na paleta de cores sobressaem as preocupações dos pais perante esta etapa inerente ao desenvolvimento dos seus filhos.

UGT aprova reivindicações para 2019, com aumentos entre os 3 e os 4%

O documento reivindicativo da UGT vai ser aprovado pelo Secretariado Nacional da central, na sua primeira reunião após as férias, e tem como objetivo definir a ação da central e dos seus sindicatos para o próximo ano, assim como as medidas que considera prioritárias em termos de OE.
Comentários