Lucro do JPMorgan desce 37% no 4º trimestre devido a impostos

O banco norte-americano JPMorgan Chase anunciou hoje um lucro de 4,23 mil milhões de dólares (3,48 mil milhões de euros) no quarto trimestre de 2017.

REUTERS/Eric Thayer

O banco norte-americano JPMorgan Chase anunciou hoje um lucro de 4,23 mil milhões de dólares (3,48 mil milhões de euros) no quarto trimestre de 2017, uma descida de 37% em relação ao mesmo período de 2016.

Há um ano o banco, que é o maior dos Estados Unidos em termos de ativos, tinha registado um lucro de 6,73 mil milhões de dólares. Agora ficou aquém desse montante devido a alterações introduzidas com a nova reforma fiscal.

O ganho por ação foi de 1,07 dólares, quando há um ano tinha sido de 1,71 dólares, tendo ficado, no entanto, acima do esperado pelos analistas.

Excluindo o referido impacto fiscal, o banco teria ganho 6,7 mil milhões de dólares no quarto trimestre, com um lucro de 1,76 dólares por ação, quando se esperava 1,69 dólares por ação.

As receitas foram de 25,45 mil milhões, quando no mesmo período de 2016 tinham ficado em 24,33 mil milhões de dólares.

Recomendadas

Italiano BFF Banking Group abre sucursal em Lisboa

O BFF Banking Group, cotado na Bolsa de Milão desde 2017, apresenta-se como líder especializado na gestão de cobranças e no factoring de pagamentos a receber da administração pública e dos sistemas de assistência médica na UE.

Moody’s: ratings do BCP, CGD e BPI sobem dois níveis

Moody’s sobe ratings da banca nacional depois de tirar Portugal de ‘lixo’. CGD, BCP, BPI, Montepio e Santander viram as classificações subir na sequência da subida do rating da República.

“Empresas têm de consolidar resistência ao impacto das alterações climáticas”, alerta Zurich

Divulgado na Climate Week NYC – encontro anual de investidores, governantes, CEO de diferentes empresas e cientistas, que decorre em Nova Iorque – o relatório destaca a eventual insuficiência dos esforços realizados para travar o aquecimento global.
Comentários