Lucro líquido da Mercadona cai 49% para 322 milhões de euros em 2017

A cadeia de supermercados tem um projeto de internacionalização que estipula a abertura de quatro lojas em Portugal em 2019.

Ler mais

A Mercadona registou um lucro líquido de 322 milhões de euros em 2017, o que corresponde a menos 49% do que no ano anterior, devido à aposta dos acionistas no investimento na transformação da empresa a longo prazo.

À margem da apresentação de resultados, em Valência, a cadeia de supermercados espanhola destacou o avanço dos projetos no mercado nacional – abertura do Centro de Coinovação de Matosinhos – e anunciou a construção do Bloco Logístico da Póvoa de Varzim e os quatro supermercados que vão abrir na região do Grande Porto, em 2019.

“Estamos a trabalhar a longo prazo e comprometidos com a consolidação de um projeto de transformação disruptiva no qual o esforço das pessoas é central. Alcançar isso requer convicção e o grande mérito está no esforço das 84.000 pessoas da Mercadona e dos fornecedores especialistas para garantir todos os dias a satisfação do “Chefe”, nossos clientes”, afirmou o presidente da Mercadona, Juan Roig.

Em termos de software nos estabelecimentos, a empresa assegura que investiu na transformação digital com a SAP e deu início ao seu projeto online [testes em alguns distritos de Valência está programada para o segundo semestre do ano].

“Está previsto e aprovado um investimento de mais de 8.500 milhões de euros entre 2018 e 2023, com recursos próprios. E para continuar a construir um modelo de empresa diferente e responsável socialmente, do qual as pessoas se sintam orgulhosas e queiram que exista”, explico ainda Juan Roig sobre os investimentos em Portugal e Espanha.

No ano passado, a Mercadona criou 5.000 novos empregos e fechou o ano com um quadro de 84.000 colaboradores.

Relacionadas

Supermercados Mercadona abrem 350 postos de trabalho

Investimento do grupo de distribuição espanhol no mercado português juntou a Maia às três localizações anteriormente escolhidas. A abertura está prevista para até ao final de 2019.

Mercadona apresenta ‘laboratório de ideias’ alimentares a ministro da Economia

Em 2016, a Mercadona comprou 56 milhões de euros de produtos a empresas portuguesas, assumindo-se como uma alavanca para a entrada de produtos portugueses em Espanha.

Supermercados Dia: “Estamos expectantes com a chegada da Mercadona a Portugal”

O diretor-executivo do grupo Dia defendeu que a empresa espanhola está melhor posicionada “em termos de proximidade” com os clientes. O Dia prepara a implementação da loja online em Portugal ainda este ano.
Recomendadas

“Crescimento da Mercadona virá de Portugal”, assume presidente do grupo

O líder da distribuição em Espanha está a atingir o limite máximo de lojas no país vizinho e optou por Portugal para ser a primeira experiência de internacionalização e para continuar a expandir-se.

Cash Express quer reforçar rede no Algarve a partir do êxito de Portimão

A primeira loja desta rede em Portugal, aberta em Portimão, apresenta um crescimento significativo com uma faturação na ordem de um milhão de euros.

Sonae pretende colocar 25% do negócio do retalho em bolsa

A IPO será composta por uma oferta pública a investidores qualificados e não qualificados em Portugal, bem como uma oferta particular internacional a investidores institucionais, anunciou a retalhista.
Comentários