Machu Picchu ganha tour para cadeira de rodas

Pessoas com deficiências motoras deixam de ter dificuldades em visitar a cidade Inca do Perú.

A agência de viagens Wheel the World, especializada em organizar experiências para pessoas com deficiências motoras, acaba de apresentar o seu novo destino: Machu Picchu, no Perú, que, até à data, não tinha itinerários preparados para cadeiras de rodas.

A empresa de viagens recorreu a financiamento privado para adquirir cadeiras de rodas especiais, pensadas para percorrer o terreno acidentado dos antigos Incas. O novo modelo funciona com um carrinho de mão, com duas pegas e apenas uma roda, e, por isso, não dispensa a presença de um acompanhante.

Este foi o terceiro destino adaptado da agência de viagens, depois do México e do Chile. Para visitar a atracção peruana, há dois programas: um por cerca de €870 e outro por  1.250 euros.

 

Ler mais
Recomendadas

Cinema e mostras de arte na Lusófona

Os melhores trabalhos dos estudantes de cinema e arte dos media podem ser vistos entre 22 e 25 de julho no campus da universidade e no cinema S. Jorge.
petronas towers kuala lumpur

Arquiteto César Pelli que projetou Torres Petronas em Kuala Lumpur morreu aos 92 anos

César Pelli foi o arquiteto responsável pela ampliação do Museu de Arte Moderna (MoMa) de Nova York, em 1984, construiu a Torre Iberdrola, em Bilbau, o International Financial Center, em Hong Kong, a Grande Torre Costanera, em Santiago do Chile, além de dezenas de teatros e centros culturais em todo o mundo.

“A Era dos Muros”: entender o que nos divide no passado e no presente

A sugestão de leitura desta semana da livraria Palavra de Viajante.
Comentários