Madeira apresentou 56 projetos ao Orçamento Participativo Portugal

A secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa adiantou que a Madeira tem uma verba de 625 mil euros no âmbito do Orçamento Participativo Portugal.

Cristina Bernardo

A Madeira apresentou 56 projetos ao Orçamento Participativo Portugal, disse Graça Fonseca, secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, que esteve esta quinta-feira, na Madeira, para assinar quatro protocolos relativos a projetos derivados do Orçamento Participativo.

A governante referiu que em 2017, a Madeira teve seis projetos aprovados que “corresponderam a uma verba de 415 mil euros”.

Em 2018, adiantou Graça Fonseca, a verba para o Orçamento Participativo Portugal, é de cinco milhões de euros, sendo que 625 mil euros, são para a Madeira.

De referir que a governante está na Madeira passa assinar protocolos no âmbito de projetos aprovados no Orçamento Participativo Portugal que incluem a ‘Reinserção de jovens com comportamentos de risco na comunidade’, “Prevenir para o Sucesso’, e ainda a ‘Recuperação do Bordado da Madeira’ e o ‘Radar de Recursos de Inclusão’.

Recomendadas

Cabo Verde vai ter centro cultural da Atlanticulture

A instituição liderada por Sérgio Nóbrega e José Paulo do Carmo pretende fazer de Cabo Verde a primeira etapa do seu processo de internacionalização, seguindo-se Angola, Moçambique e Macau. Novo centro, na Praia, vai promover eventos culturais e receber artistas internacionais.

DBRS mantém ‘rating’ da Madeira em “lixo”

À segunda avaliação da região autónoma, a agência de notação financeira canadiana anunciou que o ‘rating’ se mantém em “BB”.

Grupo Sousa melhora cobertura de Cabo Verde

A transportadora portuguesa Portusline Containers International aumenta a cobertura das ilhas de Cabo Verde com o lançamento, esta semana, de um serviço quinzenal, da marca ‘Alver Line’, ligando Algeciras e Tânger ao Porto Praia e Mindelo.
Comentários