Madeira e Algarve vão ter ligação semanal por ferry

Pelo menos uma vez por semana a viagem será realizada entre Portimão e Funchal. Deverá demorar menos de 24 horas e custará cerca de três milhões de euros por ano aos cofres regionais.

O concurso foi lançado pelo Governo Regional e pretende ligar a Madeira e o Algarve por um ferry boat. As viagens para a Madeira poderão ser feitas em menos de 24 horas, em alto mar, pelo menos uma vez por semana.

O projeto já foi aprovado por Bruxelas, custará aos cofres regionais cerca de 3 milhões de euros por ano, pelo menos durante três anos, de acordo com a informação avançada pelo Público.

Ainda em fase de concurso, a ideia tem como principal objetivo permitir que o transporte de mercadorias seja mais rápido, dado que atualmente demora cerca de quatro dias. Isto permitirá baixar o preço de alguns produtos, tanto os que entram como os que saem da Madeira.

A ligação deverá ser feita sem interrupções e espera-se que o ferry tenha uma lotação de, pelo menos, 300 passageiros.

Recomendadas

Preços da habitação aumentam 11,2% no segundo trimestre

Apesar da subida, os dados do INE revelaram uma interrupção da aceleração dos preços, que tinha sido consecutiva durante os cinco trimestres anteriores.

Défice do primeiro semestre fixou-se em 1,9%

Dados revelados pelo INE esta sexta-feira revelam melhoria face aos primeiros seis meses de 2017, no qual o saldo global das Administrações Públicas (AP) se tinha fixado em 6,1%, devido ao impacto da recapitalização da CGD.

Já não há dúvidas. INE confirma pela segunda vez que CGD entra no défice de 2017

A confirmação foi dada pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), que enviou esta sexta-feira para o Eurostat a segunda notificação anual no âmbito dos Procedimento dos Défices Excessivos (PDE).
Comentários