Mais de 3 mil portugueses multados por “ocupar o lugar dos outros”, anuncia a GNR

Números foram hoje divulgados pela GNR e surgiram no Facebook em jeito de alerta: “Ocupar o lugar dos outros é grave”.

A GNR anunciou hoje na sua página de Facebook que, no segundo semestre do ano de 2017, foram detetados 3199 condutores em lugares reservados a pessoas com deficiência.

A Guarda Nacional Republicana recorda nesta publicação “que a paragem e o estacionamento em lugar reservado a pessoa com deficiência condicionada na sua mobilidade, por qualquer outro condutor que não esteja autorizado para tal é uma contraordenação grave, nos termos previstos no Decreto-Lei n.º 307/2003, de 10 de dezembro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 17/2011, de 27 de janeiro”.

“O estacionamento nestes locais apenas pode ser feito por quem seja portador do cartão de estacionamento para pessoas com deficiência que pode ser solicitado aos serviços do IMT da sua área da residência”, refere a GNR na publicação.

Recomendadas

Al Gore ‘substitui’ Barack Obama no Climate Change Leadership Porto

O Prémio Nobel e ex-vice-presidente dos Estados Unidos estará no Porto em março para uma conferência focada nos desafios que as alterações climatéricas representam para a indústria mundial do vinho.

Juiz Carlos Alexandre alvo de inquérito disciplinar

Em causa está o facto de ter contestado o sorteio do processo que envolve o ex-primeiro ministro José Sócrates.

Chefe do Estado-Maior do Exército pede demissão do cargo

Rovisco Duarte colocou o lugar à disposição. Novo ministro da Defesa já aceitou o pedido do chefe do Estado-Maior do Exército.
Comentários