Mais de 70% dos portugueses sente frio em casa

Conclusão é do inquérito do Portal da Construção Sustentável sobre o conforto térmico em casa, realizado em Portugal Continental em parceria com a Quercus.

A maior parte dos portugueses sente frio em casa. Segundo o estudo do Portal da Construção Sustentável sobre o conforto térmico em casa, 74% dos inquiridos consideram a sua casa fria no inverno.

A análise concluiu que só 1% dos respondentes considera a sua moradia confortável e 25% definem-na como quente no verão. Dos 89% que consideram a sua casa fria no inverno e que acham que há um aumento acrescido de energia para a manter confortável, 36% referem que esse acréscimo corresponde ao dobro de energia.

O trabalho, realizado em Portugal Continental em parceria com a Quercus, teve como objetivo perceber a realidade de como os portugueses sentem o conforto térmico em suas casas e baseou-se numa amostra de 795 respostas completas recolhidas através de um questionário online realizado entre os dias 9 de fevereiro e 30 de setembro.

Segundo o estudo, dos 74% que consideram a sua casa fria no inverno, uma parte significativa (35%) recorre a mais roupa e equipamentos para se aquecer. Além disso, quase metade dos participantes (35,7%) disse que reside em casas construídas entre os anos 1980 e 2000.

“Convém que os decisores governamentais e os municípios estudem mais detalhadamente estas influências, para perceber o que se pode fazer para evitar problemas graves de desconforto térmico”, afirma a responsável do grupo de trabalho sobre Construção Sustentável da Quercus

Aline Guerreiro refere ainda que, de acordo com a classificação climática de Köppen, “Portugal é um dos países europeus mais amenos: a temperatura média anual em Portugal continental varia dos 4°C no interior norte montanhoso até 18 °C no sul, na bacia do Guadiana”.

Fonte: Portal da Construção Sustentável

Ler mais
Relacionadas

Frio a chegar? Vacine-se contra a gripe e mantenha-se quente e hidratado, recomenda DGS

“Se os equipamentos de aquecimento estão em condições de ser usados e o estado de limpeza da chaminé da lareira”, refere a Direção-Geral de Saúde.

Adeus, Ana. Olá, tempestades Bruno, Carmen, David…

A tempestade Ana fez os seus estragos esta noite mas já deixou o território de Portugal Continental, no início da manhã desta segunda-feira. A chuva e os ventos fortes diminuíram com o passar das horas.
Recomendadas

António Costa destaca que Portugal continua a atrair investimento estrangeiro apesar da incerteza mundial

António Costa destacou os resultados do último concurso dos incentivos ao investimento, que encerrou há cerca de uma semana, e que teve “mais de 2.800 milhões de euros de investimento candidatado por mais de uma centena de entidades”.

Uber pode comprar rival saudita Careem Networks por 2,6 mil milhões de euros

A Uber quer entrar em bolsa com uma valorização de 106 mil milhões de euros e isso inclui a aquisição da saudita Careem Networks, por 2,6 mil milhões de euros.

Quer comprar um carro elétrico? Conheça os novos apoios e saiba como os pedir

Se está a pensar em comprar um carro elétrico para poupar o ambiente e deixar de gastar meio salário no posto de combustível, saiba que o Estado criou um conjunto de incentivos fiscais que pode aproveitar.
Comentários