Mais de 700 detidos numa semana em manifestações pelo clima em Londres

Os protestos conhecidos como ‘Rebelião contra a Extinção’ começaram na segunda-feira e paralisaram, em alguns momentos, zonas de Londres e outros locais.

A polícia londrina anunciou a detenção de mais de 700 pessoas, das quais 28 foram já acusadas, desde o início dos protestos pelo clima, esta semana, na capital inglesa, avança a agência Lusa.

Os protestos conhecidos como ‘Rebelião contra a Extinção’ começaram na segunda-feira e paralisaram, em alguns momentos, zonas de Londres, com manifestações pacíficas na Ponte de Waterloo, Oxford Circus e outros locais emblemáticos. Os manifestantes voltaram à rua no sábado, apelando ao governo britânico para que eleja o combate às alterações climáticas como a sua principal prioridade.

A polícia londrina abordou os manifestantes de forma cautelosa, em vez de recorrer ao uso de força, afirmando que respeita o direito aos protestos pacíficos. Mesmo assim, foram obrigados a requisitar 200 agentes adicionais às forças vizinhas para controlar a situação e vários polícias tiveram de cancelar as suas folgas.

 

Recomendadas

Brexit: Emmanuel Macron afirma que ‘backstop’ é para manter

O presidente francês avisou Boris Johnson que a salvaguarda para a Irlanda, conhecida como ‘backstop’ é indispensável para a estabilidade política da Irlanda.

Guterres preocupado com incêndios na Amazónia

As Nações Unidas dizem, como já outros disseram antes, que a sustentabilidade da Amazónia é crítica. António Guterres diz que está “profundamente preocupado” e que Aa Amazónia tem de ser protegida”.

Presidente italiano permite aos partidos negociar novo governo até terça-feira

“Foi-me comunicado por parte de alguns partidos políticos que começaram negociações para formar outro governo” de maioria parlamentar, referiu Sergio Mattarella.
Comentários