Mais de 75% dos postos de abastecimento têm combustível

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas mantém-se isolado nesta paralisação, convocada por tempo indeterminado. Ao sétimo dia de greve, as atenções estão voltadas para o plenário destes trabalhadores, que se realiza este domingo à tarde.

greve_motoristas_gasolina_gasóleo_bomba

Às 11h00 deste domingo, 373 postos de combustível em Portugal encontravam-se sem gasolina ou gasóleo, o que representa apenas 12,3% do total de postos contabilizados (3.021), de acordo com a informação do website “Já Não Dá para Abastecer“. Há 2.280 postos de abastecimento nacionais em pleno funcionamento (75,4%) a meio desta manhã, enquanto 369 (12,2%) têm em falta gasolina ou gasóleo, operando de forma parcial.

Os motoristas de matérias perigosas cumprem hoje o sétimo dia de greve, isolados depois de o Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) ter desconvocado a paralisação, o que motivou um agradecimento por parte do Governo. Segundo os dados recolhidos pela rede Vost Portugal (Voluntários Digitais Em Situações de Emergência) e o mapa publicado online, a zona Litoral Norte ainda é aquela que demonstra maiores problemas de abastecimento.

A greve, por tempo indeterminado, foi convocada pelo Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e pelo SIMM, tendo-se associado ainda o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos do Norte (STRUN). O Governo decretou serviços mínimos entre 50% e 100% e declarou crise energética, aplicando, assim, “medidas excecionais” para minimizar os efeitos da paralisação e garantir o abastecimento de serviços essenciais como forças de segurança e emergência médica.

Recomendadas

OE2020: Docentes criticam subfinancioamento do ensino superior com verbas equivalentes a 2002

Os professores contestaram esta quarta-feira a opinião do ministro segundo a qual o Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) é o melhor dos últimos anos para o ensino superior, lembrando que a dotação prevista é semelhante à de 2002.

Centeno encontra o ‘Wally’ de Rio: É um “ajustamento feito em todos os países”

Rui Rio tem insistido na discrepância de 590 milhões de euros em dois quadros do Orçamento do Estado para 2020. Mário Centeno prometeu não voltar a falar da taxa de execução da Câmara do Porto durante a gestão do social-democrata e explicou as reservas e dotações orçamentais.

OE2020: MAI anuncia recrutamento de 10 mil efetivos para forças de segurança até 2023

O ministro da Administração Interna anunciou hoje no parlamento o recrutamento de cerca de 10 mil elementos para as forças e serviços de segurança até 2023 no âmbito do plano plurianual da admissão.
Comentários