Maré ‘vermelha’ na Europa não poupa PSI20

Principal causa para a correção de hoje da bolsa nacional esteve relacionada com a debilidade da Altri.

O PSI20 concluiu a sessão de hoje em perda, apesar de apresentar um desempenho ligeiramente mais positivo do que os seus pares europeus. Assim, o PSI20 cedeu 0,35% para 4,818 pontos.

A principal causa para a correção de hoje da bolsa nacional esteve relacionada com a debilidade da Altri. Recorde-se que esta empresa informou hoje, em comunicado oficial, que a sociedade espanhola Global Portfolio Investments, controlada pela Mayoral, realizou um processo de accelerated bookbuilding (venda acelerada) junto de institucionais qualificados. Assim, esta instituição alienou 6.255 milhões de ações da Altri, o equivalente a 3.10% do capital social, a um preço de 6 € por ação.

Uma performance muito positiva dos bancos italianos permitiu ao BCP terminar o dia com uma valorização modesta.

Apesar da subida do crude nos mercados internacionais (a liquidez era menor do que o habitual em virtude do encerramento dos mercados americanos), a Galp sofreu uma pressão vendedora que a conduziu a terreno negativo.

Europa com desvalorizações próximas de 1%

Os índices europeus fecharam a sessão de hoje com desvalorizações próximas de 1%. Mesmo assim, as bolsas europeias conseguiram conter os efeitos negativos da queda superior a 3% sofrida ontem por Wall Street. As ações mais cíclicas, como as tecnológicas e as industriais, foram as mais visadas pelas vendas dos investidores.

Esta maior aversão ao risco saldou-se por uma overperformance de sectores mais defensivos como o das utilities.

O degelo a que se tem assistido entre Roma e Bruxelas justifica a overperformance da bolsa de Milão nesta conjuntura mais desafiante.

As três derrotas sucessivas sofridas ontem pela Primeira-Ministra May relativamente ao processo do Brexit não tiveram um impacto muito expressivo nos ativos do país. O FTSE100 registou perdas em linha com os seus pares europeus e a Libra conseguiu alcançar uma leve valorização face ao Dólar.

Ler mais
Recomendadas

AICEP justifica queda nas exportações para a China com mudanças na Autoeuropa

O presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Luís Filipe de Castro Henriques, justificou hoje a queda nas exportações portuguesas para a China com mudanças na produção da Autoeuropa.

Duarte Lima já deu entrada na prisão para cumprir sentença de três anos e meio

Esta sentença diz respeito ao processo Homeland, relacionado com burla ao BPN. No Brasil, Duarte Lima está acusado do homicídio a 07 de dezembro de 2009 de Rosalina Ribeiro, companheira do milionário português já falecido Lúcio Tomé Feteira.

Centeno diz que 72% dos precários tiveram ‘luz verde’ para ingressar no Estado

O ministro das Finanças, Mário Centeno, disse esta sexta-feira no parlamento que 72% dos trabalhadores que recorreram ao programa de regularização extraordinária dos vínculos precários do Estado (PREVPAP) tiveram parecer favorável, recusando que haja atrasos no processo.
Comentários