Martins da Cruz: “Tenho pena do que estão a fazer ao PSD”

“Tenho pena do que estão” a fazer ao PSD e “não tenho paciência para pacóvios”, declarou o diplomata esta sexta-feira ao DN. Embaixador e ex-ministro sai do PSD em protesto contra a direção de Rui Rio.

O embaixador António Martins da Cruz enviou ao PSD uma carta em que deixa de ser filiado no partido liderado por Rui Rio. O Diário de Notícias online cita a carta que foi escrita com uma linguagem hostil a Rui Rio.

Tenho pena do que estão” a fazer ao PSD e “não tenho paciência para pacóvios”, declarou o diplomata, citado pelo DN

“Não me revejo no que andam a dizer ou a fazer”, diz  o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, que apoiou Pedro Santana Lopes na campanha para as eleições diretas de janeiro deste ano no PSD.

Questionado pelo jornal sobre se vai aderir ao partido que está a ser criado por Santana Lopes, de quem é amigo desde 1981, Martins da Cruz foi taxativo: “Não tomei nenhuma decisão e não tem nada a ver uma coisa com a outra.”

“Não tenho segundas intenções”, disse.

Recomendadas

Marcelo pede a Bombeiros e Governo que evitem dificultar o diálogo

O Presidente da República apelou hoje, a propósito do conflito entre Liga dos Bombeiros e Governo, para que todos os intervenientes evitem afirmações públicas que dificultem o diálogo neste “domínio muito sensível” da Proteção Civil.

Jerónimo de Sousa contra “resistência” do Governo a pretensões dos bombeiros

O secretário-geral do PCP disse hoje, em Alpiarça, não entender a “resistência” do Governo à pretensão dos bombeiros de participarem na coordenação da Proteção Civil.

Família rejeita que Mário Soares seja transladado para o Panteão

Os filhos João e Isabel Soares opõem-se à transladação do corpo do pai, alegando que deve estar ao lado do da mãe.
Comentários