Mazda chama 640.000 carros à oficina por avarias nas válvulas dos motores diesel

O fabricante nipónico de veículos Mazda chamou hoje à oficina 640.000 automóveis a diesel em todo o mundo devido a problemas técnicos nas válvulas dos motores.

Os modelos afetados são o Mazda 3, o CX-5 e o CX-8, dos quais 230.000 carros serão revistos no Japão e outros 410.000 no resto do mundo, segundo confirmou à agência espanhola Efe um porta-voz da companhia.

O problema foi detetado nas molas das válvulas usadas nos motores a ‘diesel’ destes modelos, uma falha semelhante à que provocou uma outra chamada, na semana passada, da concorrente Subaru Motor e que afetou 400.000 veículos.

A maioria das fabricantes nipónicas no setor automóvel viram-se obrigadas a proceder recentemente a chamadas à revisão de milhares de veículos por causa de irregularidades nos seus procedimentos de inspeção ou defeitos em materiais e componentes dos seus fornecedores, problemas que tiveram um impacto significativo nos resultados do negócio.

Recomendadas

Imposto sobre o tabaco agrava desequilíbrio na concorrência

Atualmente, Portugal é um mercado prioritário na estratégia da BAT que assenta a sua aposta na Nova Geração de Produtos (vapor, aquecido e híbrido), um segmento para o qual os portugueses revelam ter uma grande abertura.

João Lourenço confirma intenção da Sonangol em sair da Galp e BCP

Presidente angolano esclareceu que a Sonangol deverá “retirar-se de grande parte dos negócios e das participações em que está envolvida”, ainda que a petrolífera portuguesa esteja dentro do core business.

Miguel Maya quer mais operadores a pagar fatura do Novo Banco

CEO do Millennium BCP recordou que desde janeiro o BCP já pagou 45 milhões de contribuições para o Fundo de Resolução e por conta do imposto especial sobre a banca e defende uma “solução mais equitativa”.
Comentários