Mota-Engil anuncia contrato de 120 milhões de euros para construção de estrada na Polónia

O contrato inclui o projeto e construção, tem uma duração de 34 meses e será executado pela Mota Engil Central Europe S.A.

Mario Proenca/Bloomberg

A Mota- Engil anunciou esta segunda-feira, 11 de dezembro, um contrato de  120 milhões de euros para a construção de um troço de uma autoestrada na Polónia, de acordo com um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esta manhã. Segundo a construtora, o contrato inclui o projeto e construção, tem um valor de 120 milhões de euros, uma duração de 34 meses e será executado pela Mota Engil Central Europe S.A.

“A Mota-Engil S.G.P.S., S.A. informa sobre a adjudicação de um contrato para a construção de um troço de cerca de 14 km da autoestrada S7-autoestrada Varsóvia-Cracóvia na Polónia. Com este aumento da carteira de encomendas da região de Europa, a Mota-Engil mantem a sua estratégia de equilíbrio da dinâmica comercial e operacional nas três regiões onde opera”, refere a empresa.

O grupo liderado por António Mota e Gonçalo Moura Martins anunciou ainda que vai lançar uma oferta particular de subscrição de obrigações até ao montante máximo aproximado de 131.290.000 euros, com uma maturidade a cinco anos. Os títulos em causa deverão ser emitidos no próximo dia 4 de janeiro e têm uma taxa de juro de 4% ao ano.

A Mota-Engil fechou o primeiro semestre deste ano de novo em alta, com aumento de 15% nas vendas e de 25% no EBITDA. A construtora encerrou a primeira metade deste ano com um montante assegurado de 1.196 milhões de euros, contra os 1.035 milhões de euros angariados no primeiro semestre do ano passado.

Na nota enviado ao regulador do mercado, os responsáveis da Mota-Engil realçam que, com este desempenho, a construtora atingiu uma margem de 16%, classificada como uma ‘best in class’ a nível internacional, além de sublinharem a ‘performance’ económica se situou “acima das previsões apresentadas”. O  aumento do volume de negócios da Mota-Engil “foi influenciado pelo crescimento de 37% na América Latina”.

Relacionadas

Mota-Engil ganha prémio internacional de engenharia com o ‘Corredor de Nacala’

O prémio foi atribuído pela Federação Mundial de Organizações de Engenharia (WFEO), que reúne organizações nacionais de engenharia de mais de 90 países e representa cerca de 20 milhões de engenheiros.

Mota-Engil dispara 5% e leva PSI 20 para o verde

Na Europa, o foco está na Alemanha, onde Angela Merkel continua sem conseguir formar governo no país. O índice DAX de Frankfurt tombou esta quarta-feira 1,16%.
Recomendadas

CMVM diz que CCCC pode comprar 30% da Mota-Engil sem OPA tendo em conta mudança de estatutos prevista

O regulador respondeu à construtora chinesa sobre o acordo para a compra de 30% da Mota-Engil sem obrigatoriedade de OPA, porque a mudança de estatutos prevista retira poderes a quem tem 30% da empresa. Mas a CMVM avisa que continuará a acompanhar a atividade da Mota-Engil e a respetiva estrutura acionista (incluindo a relação entre os titulares de participação qualificada), no sentido de garantir o cumprimento pontual de todas as normas legais.

Sector da construção em contraciclo aumenta investimento e VAB em 2020, dizem Associações

“O investimento em construção evidenciou-se com um crescimento de 4,8%, num ano em que o investimento total registou uma variação de -4,9%, em termos homólogos. Os dados são das associações do sector.

Mota-Engil com novo contrato para construir autoestradas na Polónia no valor de 150 milhões

O grupo português ganhou um contrato de conceção e construção (reabilitação e expansão) da Autoestrada S19 na Polónia. Uma empreitada com o valor adjudicado de 150 milhões de euros.
Comentários