Mota-Engil investe mais de um milhão de euros em empresas parceiras do PME Connect

“A Mota-Engil já contratou mais de um milhão de euros com PME nacionais que integraram o projeto PME Connect, fruto da confiança e do trabalho desenvolvido nos workshops colaborativos deste projeto”, revelou Pedro Arrais, diretor de Relações Institucionais da Mota Engil.

Mario Proenca/Bloomberg

“A Mota-Engil já contratou mais de um milhão de euros com PME nacionais que integraram o projeto PME Connect, fruto da confiança e do trabalho desenvolvido nos workshops colaborativos deste projeto”, anunciou a construtora.

“As empresas portuguesas não são em nada piores que as outras, o que falta às empresas portuguesas é juntarem-se, e é este aspeto que é relevante neste projeto”, diz no comunicado Pedro Arrais, diretor de Relações Institucionais da Mota-Engil.

Sobre a operacionalização do projeto, Pedro Arrais explicou que “a Mota-Engil dinamizou duas sessões no âmbito dos workshops abrangidos pelo PME Connect: a primeira, sobre mentoring, onde abordaram questões de procurement de modelos de compras, especificamente de Portugal para outros países; na segunda, realizou uma apresentação sobre os temas mais relevantes na área da Fiscalidade, com a partilha transparente da nossa experiência na exportação e internacionalização nos países onde operam – 70 países na Europa, em África e na América Latina –, e ainda as tendências de crescimento nesta área”.

“Iniciámos um networking com empresas que não conhecíamos, e algumas já começaram a ser consultadas, ao ponto de desenvolvermos relações comerciais”, explicou o responsável da Mota-Engil, destacando que “é necessário existir uma conquista de confiança mútua em Portugal, que funcionará como uma janela de oportunidade para que estas PME comecem posteriormente a desenvolver negócios lá fora, além de ser também uma forma de verticalizarmos o nosso negócio”.

Recomendadas

Pensão de Horta-Osório gera polémica interna no Lloyds

O gestor português é acusado de ter benefícios muito acima do que a instituição pratica para a generalidade dos seus funcionários. A polémica pode ‘resvalar’ para a assembleia geral de maio próximo.

Standard & Poor’s volta a subir rating do Banco BPI

Agência destaca a sólida posição do BPI no negócio de banca comercial em Portugal e uma qualidade dos ativos melhor do que os competidores domésticos.

Deutsche Bank terá emprestado 2 mil milhões de dólares a Donald Trump durante 20 anos

Antes de ser eleito, foram concedidos pelo banco alemão empréstimos no valor 2 mil milhões de dólares a Donald Trump. O relatório do ”New York Times” avança que estas cedências foram feitas num espaço de duas décadas.
Comentários