Mota-Engil investe mais de um milhão de euros em empresas parceiras do PME Connect

“A Mota-Engil já contratou mais de um milhão de euros com PME nacionais que integraram o projeto PME Connect, fruto da confiança e do trabalho desenvolvido nos workshops colaborativos deste projeto”, revelou Pedro Arrais, diretor de Relações Institucionais da Mota Engil.

Mario Proenca/Bloomberg

“A Mota-Engil já contratou mais de um milhão de euros com PME nacionais que integraram o projeto PME Connect, fruto da confiança e do trabalho desenvolvido nos workshops colaborativos deste projeto”, anunciou a construtora.

“As empresas portuguesas não são em nada piores que as outras, o que falta às empresas portuguesas é juntarem-se, e é este aspeto que é relevante neste projeto”, diz no comunicado Pedro Arrais, diretor de Relações Institucionais da Mota-Engil.

Sobre a operacionalização do projeto, Pedro Arrais explicou que “a Mota-Engil dinamizou duas sessões no âmbito dos workshops abrangidos pelo PME Connect: a primeira, sobre mentoring, onde abordaram questões de procurement de modelos de compras, especificamente de Portugal para outros países; na segunda, realizou uma apresentação sobre os temas mais relevantes na área da Fiscalidade, com a partilha transparente da nossa experiência na exportação e internacionalização nos países onde operam – 70 países na Europa, em África e na América Latina –, e ainda as tendências de crescimento nesta área”.

“Iniciámos um networking com empresas que não conhecíamos, e algumas já começaram a ser consultadas, ao ponto de desenvolvermos relações comerciais”, explicou o responsável da Mota-Engil, destacando que “é necessário existir uma conquista de confiança mútua em Portugal, que funcionará como uma janela de oportunidade para que estas PME comecem posteriormente a desenvolver negócios lá fora, além de ser também uma forma de verticalizarmos o nosso negócio”.

Recomendadas

Fundação Berardo gasta 1 milhão de euros em atividades de cariz social e tem um passivo de 998,5 milhões

De acordo com o relatório e contas da Fundação José Berardo de 2017, consultado pela Lusa, a IPSS do empresário madeirense conhecido por Joe Berardo, sediada no Funchal, gastou 1,041 milhões de euros nos “fins estatutários” da instituição, ou seja, caritativos, educativos, artísticos e científicos.

Spiros Martinis Spettel será o primeiro CEO da parceira entre EDP e Engie

Mandatos na nova ‘joint venture’ vão durar três anos. No primeiro, é a EDP Renováveis a nomear o CEO, enquanto a Engie escolhe o ‘chairman’ e o COO, enquanto no seguinte será ao contrário.

Cabo Verde recompra 40% da CV Telecom e põe fim ao litígio com a PT Ventures

O Estado cabo-verdiano e a empresa detida pela brasileira Oi assinaram esta terça-feira, na cidade da Praia, o acordo que acaba com o contencioso existente entre as duas entidades.
Comentários