Motas vão ser obrigadas a ir à inspeção até junho

O objetivo do pacote de medidas, que está a ser decidido entre o Ministério da Administração Interna e outros ministérios, é reduzir o número de mortos nas estradas.

O ministro da Administração Interna (MAI) anunciou esta sexta-feira um pacote de medidas de combate à sinistralidade rodoviária, em que se inclui a inspeção obrigatória dos motociclos com cilindrada superior a 250 cc. No final da reunião da Comissão Interministerial para a Segurança Rodoviária, Eduardo Cabrita explicou que a medida deverá entrar em vigor ainda no primeiro semestre do ano, segundo noticia o Diário de Notícias.

O objetivo do pacote de medidas, que está a ser decidido entre o MAI e outros ministérios, é reduzir o número de mortos nas estradas. Em 2017, 509 pessoas morreram em acidentes rodoviários, o que significa um aumento de 64 pessoas (ou 12,5%) face ao ano anterior.

Entre outras propostas que o MAI quer aplicar está a deteção de psicotrópicos na condução, cartas obrigatórias para a condução de motos de 125 cc ou a limitação de velocidade a 30 km/h nas zonas urbanas com mais acidentes. Segundo o DN, há prazos diferentes para cada medida, mas deverão ser aplicadas até ao final do ano.

Recomendadas

Preços da gasolina e do gasóleo vão descer na próxima semana

O gasóleo irá cair 0,5 cêntimos, enquanto a gasolina vai descer 1,5 cêntimos, refletindo as cotações médias dos combustíveis nos mercados internacionais, de acordo com fontes do setor contactadas pelo Jornal Económico.

Como ajudar o seu filho a ser bem sucedido na escola

À semelhança de um maravilhoso quadro multicolor abstrato, o regresso às aulas tende a despoletar junto dos mais novos por um lado, entusiasmo, alegria e motivação e por outro uma certa angústia e ansiedade perante os desafios que aí se avizinham. Ao mesmo tempo, na paleta de cores sobressaem as preocupações dos pais perante esta etapa inerente ao desenvolvimento dos seus filhos.

Como gere as suas finanças pessoais? Esta é a melhor forma de planear o orçamento familiar

É comum ouvirmos falar em gestão de finanças pessoais e no orçamento familiar. Contudo, e face às dificuldades que todas as famílias atravessam, como podemos estabelecer um orçamento familiar e poupar?
Comentários