Motoristas de combustíveis admitem assinar acordo semelhante ao dos outros sindicatos

Um dia depois de terem entregue o pré-aviso de greve, e de Pardal Henriques ter anunciado que deixaria de ser o seu porta-voz, o sindicato dos motoristas admite aceitar o acordo que os patrões já fecharam com os outros dois sindicatos do setor. O SNMMP vai anunciar a sua decisão hoje em conferência de imprensa ao meio dia.

Francisco_São_Bento_pardal_henriques_SNMMP_sindicato_motoristas_greve
Rodrigo Antunes/Lusa

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) deixou em aberto a possibilidade de aceitar um acordo semelhante ao acordado pelos outros dois sindicatos do setor. Tanto a Fectrans, afeta à CGTP, como o Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) já chegaram a acordo com a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM).

Em entrevista à RTP esta quinta-feira, 22 de agosto, o presidente do SNMMP admitiu esta possibilidade. “Isso [acordo] será algo que só poderei avançar por volta do meio dia, quando contactar toda a gente que é necessário contactar. Se essa for a conclusão, talvez”.

Francisco São Bento também admitiu retirar o pré-aviso da greve cirúrgica marcada para setembro. “Se estiverem reunidas todas as condicoes para que se possa evitar a greve, porque não?”.

As declarações do presidente do sindicato acontecem um dia depois de o sindicato ter apresentado o pré-aviso de greve às horas extraordinárias, e de Pedro Pardal Henriques anunciar que vai deixar de ser o porta-voz do SNMMP para se dedicar à sua candidatura às eleições legislativas pelo Partido Democrático Republicano (PDR) de Marinho Pinto.

“Candidato-me porque acredito que podemos voltar a recuperar os valores de Abril”, disse Pardal Henriques na quarta-feira. Apesar de deixar de ser o porta-voz do SNMMP, garante que continuará a representar juridicamente o sindicato.

Já a paralisação cirúrgica, assim chamada pois só afeta parte do trabalho dos motoristas, vai ter lugar entre 7 e 22 de setembro, incidindo sobre o trabalho suplementar.

“A greve geral dos motoristas incidirá somente sobre as horas de trabalho acima das oito horas nos dias úteis, sobre o trabalho aos fins de semana e feriados, ficando assim assegurado todo o trabalho nos dias úteis durante o período normal de trabalho, oito horas diárias”, disse Francisco São Bento na quarta-feira.

Sobre o eventual cumprimento de serviços mínimos, o sindicalista rejeitou essa possibilidade pois os trabalhadores vão cumprir o seu trabalho, conforme previsto legalmente. “Não vemos a necessidade de apresentarmos serviços mínimos porque os trabalhadores irão exercer as suas funções como está ao abrigo da lei”.

Motoristas em greve às horas extraordinárias entre 7 a 22 de setembro

Ler mais
Relacionadas
pedro-pardal-henriques-SNMMP

Fim do tabu: Pardal Henriques candidato pelo PDR de Marinho Pinto

O tabu durava há duas semanas e foi hoje finalmente desfeito. Marinho Pinto deixou fortes elogios ao homem que deu a cara pelos motoristas no seu conflito laboral que se arrasta há meses.
greve_motoristas_materias_perigosas_camionistas_3

Motoristas em greve às horas extraordinárias entre 7 a 22 de setembro

A greve cirúrgica dos motoristas vai incidir somente sobre as horas de trabalho acima das oito horas nos dias úteis, sobre o trabalho aos fins de semana e feriados. Motoristas rejeitam necessidade de serviços mínimos.

Motoristas e patrões não chegam a acordo. Governo diz que tentou resolver conflito pelo diálogo

“Obviamente que não esperávamos este desfecho”, admitiu o ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos. O governante disse esta terça-feira que uma das partes quis definir resultados antes da negociação.
Recomendadas

Comprimidos para sexo no topo de medicamentos apreendidos em Portugal

Dos oito medicamentos mais apreendidos em Portugal, sete deles são para o tratamento da disfunção erétil enquanto o outro serve para estimular o desejo sexual e a libido, sendo que todos estes produtos são fármacos ilegais por não terem autorização para o mercado português, avança o Jornal de Notícias.

Baixas para assistência aos filhos vão ser pagas a 100%

Em entrevista ao jornal “Público”, a ministra do Trabalho e da Segurança Social afirma que o Governo vai criar condições para os “jovens terem filhos mais cedo”. Todas as famílias com um segundo ou mais filhos até três anos de idade terão direito a um cheque para apoio da creche.

Reutilização de recursos em queda. Economia mundial é apenas 8,6% circular

A quantidade total de recursos que entra na economia global aumentou 8,4% em apenas dois anos. De acordo com o novo relatório da organização Circle Economy, que será apresentado em Davos, o consumo mundial de novos recursos traduz-se em 100 mil milhões de toneladas, um novo máximo histórico.
Comentários