MPT-Madeira denuncia condições precárias dos Bombeiros Sapadores do Funchal

O Movimento Partido da Terra deixa ainda uma questão à CMF: “onde está a preocupação social para com os seus bombeiros”?

O Movimento Partido da Terra – Madeira (MPT-Madeira) denuncia “condições precárias” dos Bombeiros Sapadores do Funchal.  O MPT diz que a Câmara Municipal do Funchal (CMF) contratou novos bombeiros, mas que estes não têm equipamento individual, e por isso, utilizam todos o mesmo equipamento. O que o partido põe em causa são as condições de segurança, “porque têm que se adaptar a um equipamento que não é o deles”, diz o MPT, e, além disso, as condições de higiene pessoal.

O partido lamenta, a forma como este executivo camarário, “está a tratar estes soldados da paz, que trabalham em péssimas condições, com instalações degradadas, nomeadamente a cozinha, que é utilizada em média por cerca de 40 elementos entre bombeiros e administrativos por cada turno, e só tem 1 microondas, numa profissão onde cada segundo conta, têm de esperar para aquecer a comida, ou muitas vezes acabam por comer frio e tem um frigorífico avariado há mais de um mês, não podendo estes homens e estas mulheres conservarem os seus alimentos”,

O Movimento Partido da Terra deixa ainda uma questão à CMF: “onde está a preocupação social para com os seus bombeiros”?

Recomendadas

Documentário sobre diáspora portuguesa no Havai vai ter estreia nacional na Madeira

O realizador Ponta-Garça referiu também que já está a trabalhar na produção do próximo documentário, um filme mais abrangente que deverá estar pronto em 2020 e se vai debruçar sobre os portugueses em todos os Estados Unidos da América.

Assembleia da Madeira regressa ao trabalho com Venezuela e Zona Franca na agenda

As sessões plenárias da Assembleia Legislativa da Madeira regressam esta terça-feira. O PSD vai apresentar uma recomendação ao governo central para que agilize a concessão de autorizações de residência temporárias aos oriundos da Venezuela devido a razões humanitárias.

Juventude Popular da Madeira promove primeira escola da quadros

A escola de quadros realiza-se a 28 e 29 de abril e terá como diretor José Manuel Rodrigues, deputado do CDS-PP na Assembleia Legislativa da Madeira.
Comentários