Multicare: valor de prémios anual atinge 270 milhões de euros em 2017

A marca também reforçou a liderança do mercado de seguros de saúde em Portugal, alcançando uma quota de mercado de 37%, em setembro último.

A Multicare, marca de saúde do Grupo Fidelidade, a assinalar 20 anos de atividade, anunciou o registo de um valor de prémios anuais na ordem dos 270 milhões de euros, referente a 2017. Este valor representa um crescimento na ordem dos 14% nos últimos três anos.

A marca também reforçou a liderança do mercado de seguros de saúde em Portugal, alcançando uma quota de mercado de 37%, em setembro último.

Com cerca de um milhão de clientes, em setembro deste ano, e um crescimento anual de 9% relativo a novos clientes, a Multicare comparticipou mais de um milhão de consultas médicas e 36 mil internamentos anuais (2017).

Duas décadas depois

A Multicare, a única seguradora de saúde com Certificação Bureau Veritas, (ISO 9001), permite o acesso a uma rede privada de prestadores de saúde em Portugal que abrangendo 88 hospitais (incluindo internamento) e 2.500 clínicas (em regime ambulatório), bem como a uma rede exclusiva com mais de 700 prestadores de referência em países como Espanha, Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Apostando continuamente na inovação e procurando acompanhar as tendências no setor da saúde, a seguradora disponibiliza uma rede de terapêuticas não convencionais, que contempla 139 prestadores, e uma rede de bem-estar, com mais de 800 parceiros em todo o país para uma oferta abrangente, que inclui desde cirurgia cosmética, gestão de stress ou cessação tabágica.

Para antecipar a transformação digital, lançou a Medicina Online, que através do telefone e de uma aplicação permite o acesso imediato, a qualquer hora, a uma equipa de profissionais médicos, que aconselham e ajudam a tomar as melhores decisões em termos de cuidados de saúde, permitindo aceder a consultas por telefone, vídeo ou pela app e a serviços mais específicos como consulta de viajante ou de orientação nutricional.

Através da cobertura Proteção Vital Oncológica, disponibilizou um programa de check-up de referência que inovou a prevenção e deteção das doenças oncológicas, com coberturas anuais que podem ir até aos dois milhões de euros numa rede médica de referência na investigação e tratamento destas neoplasias.

 

Ler mais
Recomendadas

Sporting critica banca por não promover empréstimo obrigacionista

Francisco Salgado Zenha, vice-presidente e administrador da Sporting SAD, acusa a banca por não estar a apoiar a venda das obrigações da SAD sportinguista.

CEO do Novo Banco: “Aumento dos exportadores é estratégico”

António Ramalho, presidente do Novo Banco, considera que a maior dificuldade é a diversificação de mercados. “Essa diversificação passa por questões financeiras, onde o banco pode apoiar e naturalmente prende-se com garantias e trade finance”, afirmou, em entrevista ao Jornal Económico.

Obrigacionistas do BPI pronunciam-se sobre fusão com BPI Private Equity

A convocatória, para detentores de vários tipos de obrigações do BPI tem como único ponto a apreciação da “fusão por incorporação” do banco com o BPI Private Equity, uma operação anunciada ao mercado no dia 15 de outubro.
Comentários